Atlético Cearense

“Recomeçar no futebol cearense”, diz Wanderson, recém contratado pelo Atlético-CE

(Foto: Reprodução/Águia TV)

Jogador da Águia da Precabura estava há treze anos jogando no futebol do exterior.

Recém contratado pelo Atlético Cearense, o meia-atacante Wanderson concedeu uma entrevista de apresentação para a Águia TV, canal oficial do clube, para falar sobre sua volta aos gramados cearenses após anos no exterior. Na ocasião, ele falou sobre sua expectativa para a temporada de 2021; o peso da amizade com o Ari para a concretização da negociação; o primeiro contato com o treinador Raimundinho e as suas principais características dentro de campo.

Animado, principalmente pelo seu retorno ao futebol brasileiro, Wanderson fala sobre a expectativa para a temporada 2021 no Atlético-CE. “A expectativa é muito grande de retornar ao Brasil, ao futebol cearense. Passei treze anos longe, na Europa, então a felicidade é enorme. Fico muito feliz pela oportunidade”.

Companheiros desde as categorias de base do Fortaleza, Wanderson destaca que a amizade com o Ari (proprietário do clube) pesou para concretizar a negociação. “Pesou bastante! Recebi o convite dele; fazia tempo que a gente estava ensaiando um contrato e não dava certo, então semana passada ele me convidou. A gente conversou, entrou em acordo e estou muito feliz de estar aqui no Atlético, de começar de novo no futebol cearense, recomeçar no futebol cearense com 35 anos”.

Questionado sobre seu primeiro contato com o treinador Raimundinho, o meia-atacante destacou que o trabalho dele é similar com o que é feito na Europa. “É positivo! A gente já conversou bastante, ele passou muita confiança para mim. Dá pra ver que os trabalhos do professor Raimundinho são similares aos da Europa também, não tem muita diferença, já estou acostumado com esse tipo de trabalho”.

Artilheiro dos campeonatos suéco e russo temporadas atrás, mas desconhecido do público local, Wanderson apresentou um pouco das suas principais características dentro de campo. “Sou um jogador técnico, não tenho muita velocidade, mas sou um jogador técnico que sabe trabalhar bem a bola e que tem uma boa finalização também. Então é isso, espero poder ajudar dessa forma, da melhor maneira possível”.

Deixe uma resposta