Ceará

“A equipe tem um poder de reação muito grande” diz Guto Ferreira sobre a partida do Ceará

Foto: Reprodução/Vozão TV

Treinador alvinegro ressaltou bastante a necessitade de mais tempo de descanso e treinamento

O treinador Guto Ferreira, do Ceará, concedeu entrevista coletiva à imprensa após o empate em 1×1 com o São Paulo pelo Campeonato Brasileiro. O comandante alvinegro falou sobre a partida, o adversário, o rendimento da sua equipe, a necessidade de mais tempo de descanso aos jogadores e entre outros assuntos do jogo.

Anúncios

A partida

Perguntado sobre o bom rendimento do Ceará diante de uma equipe de ponta, o técnico respondeu:

“Com certeza, se você olhar para as partidas que temos feito contra equipes que estão no topo da tabela, e o São Paulo é uma delas. Se tivesse ganho aqui já seria líder da competição, para vê o nível da equipe que nós enfrentamos. Temos errado? Sim, temos cometido alguns erros importantes. Mas se acontecer também não dá para criticar, porque você trabalha em cima de uma pressão contra uma qualidade muito grande. E a gente não se resumiu simplesmente a marcar, a gente jogou, tentamos equiparar força. Eu saio contente com a entrega e com a postura da equipe.”

Próximos jogos e tempo de descanso

Indagado sobre como a partida de hoje poderia influenciar no decorrer dos próximos jogos contra adversários diretos na tabela, Guto ressaltou bastante o desgaste físico da equipe e a necessidade de tempo para descansar e poder trabalhar:

“O Ceará, hoje, é a equipe que mais jogou pós pandemia. Nós batemos em quatro meses, indo pro quinto agora, 39 jogos, antes de acabar o campeonato. Nós tivemos uma única semana de descanso, e a equipe continua correndo para caramba. Tem falhas porque tem dificuldade de trabalhar, joga com um desgaste muito grande, mesmo a gente tendo revezado jogadores. São situações que ninguém quer saber, mas que influenciam no resultado.”

Anúncios

Fernando Sobral

Acerca do posicionamento de Fernando Sobral pelo meio e a opção por Lima na ponta, o treinador do Vovô respondeu:

“Nós mantivemos uma certa solidez por dentro e acrescentamos qualidade na saída de bola, mantendo inclusive, pelos lados do campo, um jogo de velocidade e manutenção da bola na frente. Com uma qualidade maior de saída da intermediária de defesa até a intermediária de ataque, eu acho que o Sobral consegue fornecer esse tipo de jogo.”

Gol tomado e chance de virar o placar no fim

Sobre a falha na marcação no gol do São Paulo e o lance no fim da partida, no qual o lateral Alyson errou o cruzamento para o Vina livre na área, o comandante respondeu:

“A gente lamenta, pois gostaríamos de ter vencido. No gol, houve sim uma falha, a gente reconhece, mas houve também a qualidade da equipe do São Paulo. No lance do Alyson, ele fez uma jogada fantástica até o momento do passe, […] mas eu acho que o mais importante é ele ter tido personalidade de ter conseguido fazer a jogada.”

Reação no segundo tempo

Sobre o bom início de segundo tempo do Ceará, Guto afirmou:

“Eu acho que a gente já tinha retomado o jogo no primeiro tempo, e eles voltaram acreditando mais. Você jogar contra uma equipe da qualidade do São Paulo muitas vezes você acaba se intimidando, e é justamente essa questão da personalidade que vai se ganhando dentro da partida […] e eles vão crescendo dentro da partida. E esse tipo de situação que carrega a equipe para frente, e a nossa equipe é uma equipe que está sempre guerreando e buscando, e não mede esforços para conseguir os resultados.” finalizou Guto Ferreira.

Anúncios

Deixe uma resposta