Jornalista encontra Guto Ferreira e pede desculpas após episódio de gordofobia com ex-técnico do Ceará

Foto: Reprodução/Twitter

Ex-Ceará e atualmente no Goiás, o técnico Guto Ferreira foi vítima de gordofobia na última semana. Em comentário após um jogo do Esmeraldino no dia 15 de janeiro pelo Campeonato Goiano, o jornalista Lucas Nogueira, da TV Brasil Central (TBC), de Goiânia, fez comentários ofensivos em relação ao corpo do treinador. Na ocasião, Lucas disse que “não dá para colocar lapela” em Guto depois do técnico concender uma entrevista.

“Gente, nós temos um microfone aqui que chama lapela. No Guto não dá pra colocar lapela, não. Não tem pescoço, não tem uma divisória aqui (aponta abaixo do queixo). Precisa cuidar disso”, disse Lucas Nogueira.

No último domingo, 22, após o Goiás vencer o Iporá por 2 a 1 pelo Goianão, Guto Ferreira rebateu as ofensas e pediu responsabilidade para a equipe de comunicação.

“Eu acho que a atitude da equipe da Brasil Central na pessoa do Lucas, endossado pela Thaís (Freitas) e Jean (Lopes), foi lamentável e perigoso. Para mim, não tem problema nenhum. Eu sou um cara cabeça feita. Mas eles têm de ter responsabilidade no que falam e da maneira que eles se manifestam”, disse Guto.

Lucas Nogueira e Guto Ferreira se encontraram, lado a lado, o jornalista se mostrou arrependido e pediu desculpas ao treinador pelo episódio lamentável que repercutiu nas redes sociais. “

Tenho a oportunidade de estar ao lado de Guto Ferreira para pedir desculpas pelo erro que cometi, de coração aberto já deixo bem claro que isso não irá se repetir. Não nego que errei, assumo meu erro. Espero que esse assunto se encerro, pois já estamos até recebendo ameaças de morte”, afirmou Lucas.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: