Rogério Ceni lamenta eliminação na Copa do Brasil, mas exalta atuação dos atletas: “Orgulho”

(Foto: Gustavo Simão/Fortaleza EC)

Tricolor de Aço empatou no tempo normal, mas acabou eliminado nos pênaltis

Apesar da eliminação nos pênaltis para o São Paulo na Copa do Brasil na noite deste domingo, 25, o técnico do Fortaleza Rogério Ceni exaltou, durante coletiva de imprensa após o jogo, a entrega dos atletas durante a partida realizada no estádio Morumbi.

Anúncios

“O time lutou, correu, fez o seu melhor, o que podia fazer. Super orgulho dos atletas que trabalham comigo”, disse o treinador após a partida que terminou empatado em 2 a 2 no tempo normal, com triunfo são paulino por 10 a 9 nas penalidades. “Não desistimos do jogo até o final, esse é o mais bacana. Esse time do Fortaleza é assim, ele não desiste. Lamentamos não ter uma melhor sorte nas cobranças de pênaltis”, acrescentou.

O treinador lamentou o Tricolor de Aço não ter ficado com a vaga na competição nacional. ”Uma pena a gente não ter saído vitorioso. Tivemos as cobranças de pênaltis, infelizmente não conseguimos passar. Acho que fazer com que o Fortaleza mostre competitividade contra equipes que já são tradicionais nessa competição, que sempre estão na ponta do campeonanato brasileiro”, afirmou.

Anúncios

Sobre o desempenho em campo, Ceni explicou que com a desvantagem momentânea no placar, o time teve que se arriscar um pouco mais no segundo tempo. “Conseguimos sair um pouco mais. Parece que nós tínhamos desapreendidos a sair jogando. A gente só tinha jogado bola longa e você tem que preservar um pouco a bola contra uma equipe como o São Paulo. Melhoramos a posse, as tabelas, triangulações, continuamos com velocidade na frente, perdemos boas oportunidades, digo antes de sair o gol do David. (….) Fomos premiados com esse gol no final do jogo”, analisou.

Questionado sobre a possibilidade de o Fortaleza melhorar o desempenho em campo já que terá pela frente apenas o Brasileiro, Rogério disse que com passar do tempo será possível analisar. “É importante porque o time está cansado. Talvez se tivesse tido (folga) essa semana, o jogo fosse naturalmente numa quarta-feira e tivesse domingo de folga, a gente estaria em uma situação até física melhor. Nós tivemos um duelo difícil contra o Ceará, muito físico na noite de quarta. Passamos a sexta-feira inteira viajando. Mas o time lutou, correu e fez o seu melhor”, finalizou.

Anúncios

Deixe uma resposta