Fortaleza vê negociação com time árabe esfriar e Felipe deve permanecer

Foto: Leonardo Moreira/Fortaleza EC

O volante Felipe estava de malas prontas para deixar o Fortaleza rumo ao Al-Batin, que disputa a primeira divisão da Arábia Saudita. A ideia era que o Tricolor recebesse US$ 300 mil pelo empréstimo de um ano (aproximadamente R$ 1,5 milhões).

No entanto, a ida de Felipe para o futebol árabe não vai mais acontecer por questões burocráticas. Atleta, que tem contrato até o final de 2023, segue no elenco do Fortaleza para as disputas de 2022.

Aos 27 anos, jogador chegou ao Fortaleza em 2015 após passagem de destaque pela equipe do Maranguape, time de sua cidade natal. Ao longo das temporadas como jogador do Fortaleza, Felipe subiu com a equipe da Série C, conquistou o título histórico do Brasileirão Série B e quatro campeonatos estaduais.

O contrato no Leão é até dezembro de 2023. Felipe não foi relacionado para os últimos jogos do Leão, contra Santos e Cuiabá, pela Série A, além do Fluminense, na Copa do Brasil. O jogador deve seguir sem atuar até a definição da permanência, de acordo com o Diário do Nordeste outros times estão de olho no atleta.

A diretoria leonina trata a situação com muita cautela. O volante seguirá treinando no Centro de Treinamento Ribamar Bezerra, em Maracanaú, separado do elenco profissional do Fortaleza.

Depois de vencer o Cuaibá e melhorar sua situação no Campeonato Brasileiro, o Fortaleza terá a semana livre para se preparar para a próxima partida do Brasileirão, que será no próximo domingo, 7, contra o Internacional na Arena Castelão.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: