Ceará e Fortaleza somam mais de R$100 mil de prejuízo no Cearense

Foto: Pedro Chaves/FCF

Equipes levaram menos de 10 mil torcedores na estreia do Cearense

Depois da disputa da primeira fase, Ceará e Fortaleza finalmente estrearam no Campeonato Cearense. Em jogos das quartas de finais, Alvinegro e Tricolor venceram Iguatu e Pacajus, respectivamente, e deram um passo importante na luta pelas vagas nas semifinais da competição. O Vovô disputará a partida de volta no próximo sábado, 26, enquanto o Leão jogará no dia 3 de março.

Se dentro de campo, Ceará e Fortaleza saíram com o “lucro” da vitória, fora dele os dois clubes saíram no prejuízo. Ambos atuaram como mandante na Arena Castelão e contaram com menos de 10 mil pagantes em seus respectivos jogos.

O Ceará entrou em campo primeiro, na última terça-feira, 22. O Vovô teve um público de 6.531 torcedores no estádio. A maior parte foi preenchida pelos sócios (4.901). Desta forma, o clube teve uma arrecadação de R$ 31.288,00 reais. Porém, as despesas que vão de INSS sobre a remuneração da arbitragem, auxiliares e fiscais até transporte e hospedagem de arbitragem, totalizaram um gasto de R$ 87.811 reais. Desta forma, o Ceará teve uma renda líquida de -56.523,82 reais.

Borderô de despesas do jogo do Ceará - Foto: Divulgação/FCF
Borderô de despesas do jogo do Ceará – Foto: Divulgação/FCF

Já o Fortaleza enfrentou o Pacajus na quinta-feira, 24. Com um público superior ao do Ceará (7.626) e uma presença maior de associados (6.341) o Leão do Pici teve um prejuízo menor. Com uma renda bruta de R$ 42.496,00 e o total de despesas em R$93.722,10, o Tricolor do Pici teve um déficit de R$51.226,10.

Borderô jogo do Fortaleza - Foto: Reprodução/Twitter Toni Mota
Borderô jogo do Fortaleza – Foto: Reprodução/Twitter Toni Mota

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: