Série B do Brasileiro tem nova detentora dos direitos de transmissão; Ceará receberá R$ 10 milhões, diz jornalista

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

A Série B do Campeonato Brasileiro tem uma nova detentora dos direitos de transmissão. De acordo com o jornalista Bruno Daniel, Diretor Geral das Feras do Esporte – Rádio BandNews FM Goiânia, a BRAX Sports Assets, companhia de marketing esportivo, fechou contrato com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para transmitir a competição pelas próximas quatros temporadas. No acordo, os clubes receberão 10 milhões por ano, significando um aumento de 2 milhões em relação aos contratos anteriores. A proposta para a Mentora seria de R$ 210 milhões.

O montante oferecido pela companhia de marketing esportivo é superior ao pago pelo Grupo Globo até 2022 — R$ 208 milhões — e agradou os clubes. A informação é do jornalista Gabriel Vaquer, do Notícias da TV. Esse é o maior valor pago pela Série B do Campeonato Brasileiro em 2023. O Grupo Globo não demonstrou interesse na renovação, enquanto o SBT desistiu de ter a competição no calendário anual. A CBF recebeu algumas propostas, mas o valor não passou de R$ 80 milhões.

Com o acerto com a BRAX, a TV Bandeirantes deve se tornar a responsável pelas transmissões das partidas da Série B em 2023. A emissora já transmite o Campeonato Carioca, torneio que também pertence a BRAX.

O Ceará estreia na competição em abril contra o Ituano.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: