Jhon Vásquez fala em dívida salarial com Ceará e diretor do clube expõe realidade

Foto: Ceará SC/Divulgação

O atacante de 27 anos, Jhon Vásquez, não vai permanecer no Ceará para a temporada 2023, apesar de ter chegado ao clube para contrato de empréstimo com opção de compra válido até o final de 2023. 

Na época, o Deportivo Cali só aceitou liberá-lo ao Ceará por empréstimo até o fim de 2023 porque houve compensação financeira de 300 mil dólares (mais de R$ 1,5 milhão).

Em entrevista à rádio colombiana Antena 2 Cali, o atacante falou sobre algumas situações financeiras que ainda estão em aberto com o Alvinegro referentes a um mês e meio.

Temos conversado com o (Deportivo) Cali, as coisas estão no caminho certo. O pessoal do Ceará está falando da questão contratual, ainda tem uma dívida comigo de um mês e meio de trabalho, estamos esperando essa semana”, explicou o colombiano.

O site Meu Vozão em contato com João Paulo, diretor de finanças do Vozão, que explicou que o clube não tem dívidas que o jogador e que tudo não passa de um mal entendido.

“Ele não é brasileiro, chegou agora e não entende como funcionam bem as leis trabalhistas no Brasil. O que ele fala de um mês e meio é porque a gente tem que pagar a ele o mês de outubro, que é pago de novembro, e ele trabalhou 15 dias no mês de novembro, que é pago em dezembro. Então não tem nada vencido dele. O que tem realmente é um saldo para pagar a ele de outubro e a metade do mês de novembro”, disse.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: