Torcida organizada do Ceará volta a protestar contra o elenco e pede saída de Robinson de Castro

A derrota para o Internacional por 2 a 1 na última quarta-feira, 26, em jogo da 34ª rodada do Campeonato Brasileiro causou mais uma vez revolta na torcida do Ceará. Na 16ª posição com 34 pontos e correndo risco de entrar na zona de rebaixamento ainda nesta rodada, o Vovô não vence há oito jogos na Série A e segue em queda de rebaixamento.

Nesta quinta-feira, 27, a principal torcida organizada do clube (Cearamor) voltou a realizar protesto contra a situação da equipe. Os alvos foram Robinson de Castro, presidente do Alvinegro, o elenco do Vovô, além da diretoria. O protesto foi realizado com faixas na principal sede da organizada, localizada em frente a sede do Ceará.

Confira a foto postada nas redes sociais da Cearamor:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: