Cria da base do Ceará, lateral-esquerdo Sanchez fica livre no mercado após temporada de destaque em 2022

Foto: Christian Alekson

Jogador foi eleito o melhor da posição no Campeonato Carioca e peça
importante do Leão no segundo semestre em campanha do acesso à Série B de 2023

O lateral-esquerdo Sanchez, de 27 anos, está livre no mercado após cumprir seu
contrato com o Vitória-BA, válido até o início do mês de outubro. Depois de uma
temporada sem jogos em 2021 – em decorrência da falta de acerto com o Figueirense
pela renovação, além de uma transferência impedida para o exterior pelas fronteiras
estarem fechadas –, o jogador deu a volta por cima e fez em 2022 a temporada com
mais jogos de sua carreira, com 30 participações no total, sendo 26 como titular.


No início do ano, pela Portuguesa-RJ, Sanchez foi eleito o melhor lateral-esquerdo do
Campeonato Carioca e também foi o jogador com mais minutos em campo na Taça
Guanabara, não levando em consideração os goleiros. O jogador foi titular em todos os
11 jogos da equipe e não foi substituído uma vez sequer, ajudando a Lusa a se classificar
para as fases mata-matas.


Em março, Sanchez foi responsável pelo primeiro gol da história da Portuguesa-RJ na
Copa do Brasil, que também foi o da classificação inédita da Lusa para a Segunda Fase.
Isso porque o time da Ilha do Governador fazia a sua estreia na competição em seus
mais de 97 anos desde a fundação. Além da classificação, o gol também rendeu a
Sanchez o reconhecimento da CBF para integrar a seleção dos melhores jogadores da
Primeira Fase do torneio.

Sanchez realizou boa temporada pelo Vitória – Foto: Divulgação / Esporte Clube Vitória


Os bons desempenhos do lateral-esquerdo no Rio de Janeiro despertaram o interesse
do Vitória, que já havia feito outras três contratações para a posição, sendo elas:
Salomão, Vicente e Gabriel Lazaroni. Após o primeiro não agradar a comissão técnica e
o segundo ter sido entregue ao departamento médico, no entanto, o clube optou por
investir na contratação de Sanchez para a Série C do Campeonato Brasileiro.


Pelo Leão da Barra, Sanchez fez 17 jogos e foi uma das principais peças do time na
campanha do acesso à Série B do ano que vem. Ele também anotou uma assistência e
manteve uma média de 59,4% das ações totais bem-sucedidas, 8 recuperações, 4
interceptações e 2 alívios por jogo, segundo dados do Wyscout.


De volta ao estado do Ceará, onde iniciou carreira pelo Vozão, Sanchez está livre no
mercado e aguarda definir seu futuro para 2023. Além dos clubes citados, Sanchez
também acumula passagens por equipes como Cabofriense e Macaé, além do Arouca
FC, de Portugal, por onde entre 2018 e 2019.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: