Árbitro relata em súmula: “Equipes demonstraram não ter condições emocionais para continuar a partida”

Foto: Divulgação/Globo Esporte

Ceará e Cuiabá empataram em 1 a 1 na Arena Castelão

Neste domingo, 16, Ceará e Cuiabá se enfrentaram na Arena Castelão pelo Brasileirão. O duelo acabou empatado em 1 a 1 por causa de uma confusão generalizada nas arquibancadas que terminou dentro de campo.

Após o gol marcado pelo atacante Deyverson para a equipe mato-grossense, o clima no estádio acabou ficando pesado com críticas a diretoria alvinegra e vaias aos jogadores. Parte da torcida alvinegra xingou a maior organizada do clube, a Cearamor, e alguns integrantes partiram para agressão e depredação das cadeiras da Arena.

Faltando mais sete minutos para o término do confronto, a partida teve que ser paralisada por causa das brigas e para que alguns torcedores entrassem no gramado para serem socorridos entretanto alguns aproveitaram para agredir jogadores como Vina, Luiz Otávio e Richard Coelho.

O árbitro Caio Max, responsável por comandar Ceará x Cuiabá, explicou a decisão de encerrar o jogo antes de todos os minutos dos acréscimos serem cumpridos:

“A partida está encerrada devido a falta de segurança gerada por um conflito que ocorreu na arquibancada da equipe mandante. As pessoas se refugiaram dentro do campo”, disse o árbitro.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: