Lucho González é o sexto técnico estrangeiro a comandar o Ceará; relembre

Foto: divulgação / Athletico-PR

Ceará anunciou na última quarta-feira, 24, o seu novo treinador. Trata-se do argentino Lucho González, que foi auxiliar técnico do Athletico Paranaense no começo da temporada e chega com contrato até o fim de 2022, com metas para renovação para até o final de 2023.

Lucho tem 41 anos e é ex-jogador de futebol. No Brasil, atuou por seis temporadas no Athletico Paranaense, onde se destacou e foi ídolo. Também foi no Furacão que o argentino teve sua primeira experiência no banco de reservas, sendo auxiliar técnico de Alberto Valentim.

O profissional já possui a “Licença B” da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), e a “Licença PRO” da Associação de Futebol Argentino (AFA). Os cursos foram iniciados em 2020, ainda como atleta, e finalizados após pendurar as chuteiras. 

Lucho González será o sexto treinador estrangeiro a comandar o Ceará. O primeiro foi o uruguaio Luiz Comitante, em 1957, seguido do húngaro Janos Tratay (1960-1962), Américo Brummer, também húngaro (1963), Dante Bianchi, que é argentino (1967) e, por fim, o uruguaio Sergio Ramirez.

A comissão técnica de Lucho será formada pelos profissionais Emanuel Depaoli (auxiliar técnico), Walter Scarinci (auxiliar técnico) e Diego Giacchino (preparador físico). O treinador e sua comissão têm desembarque previsto na capital cearense para a sexta-feira, 26. Contra o Furacão, o Ceará será comandado pelo interino Juca Antonello.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: