CBF realiza campanha “Por um futebol e uma sociedade antirracista”

Foto: Divulgação

Entidade máxima do futebol brasileiro tenta conter os crescentes casos de racismo

Os episódios de violência e racismo que tem ocorrido em jogos de futebol são inaceitáveis e demandam uma resposta coletiva, firme e imediata. A CBF, as Federações e os clubes, reunidos na sede da CBF no último dia 07 de março, firmaram o “Manifesto pelo futebol e pela vida”, reafirmando o compromisso de trabalharem para que o futebol possa ser definitivamente, uma referência de boas práticas e um agente de transformação de toda a sociedade.

Concretizando este compromisso, e em conexão a outras ações, a CBF inicia nesta semana a partir do dia (23), a campanha “Por um Futebol e uma Sociedade Antirracista”. As equipes participantes de todas as competições nacionais adultas estarão estampando em suas camisas um “patch” elaborado especialmente para simbolizar a luta de todos pela erradicação do racismo e da violência no futebol. A ação será finalizada no dia 29 de agosto.

Na próxima quarta-feira (24), a Casa do Futebol Brasileiro recebe a primeira edição do Seminário de Combate ao Racismo e à Violência no Futebol. O evento, idealizado pela CBF, reunirá diferentes autoridades sobre o tema para um grande debate sobre o preconceito no esporte, com a presença de representantes da FIFA, da CONMEBOL e de diferentes setores da sociedade.

A abertura institucional do evento será feita pelo presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, e contará com a participação ilustre de Gilberto Gil, lenda da música e da literatura brasileira e uma das grandes referências da cultura negra do país. Entre as presenças confirmadas, também estão as de Alejandro Domínguez, Presidente da CONMEBOL, e Rodrigo Pacheco, Presidente do Senado Federal.

O Seminário terá ainda a apresentação do Relatório Anual da Discriminação Racial no Futebol 2021, que será debatido por Marcelo Carvalho, do Observatório da Discriminação Racial do Futebol, e Oná Rudã, do LGBTricolor e do Coletivo de Torcidas Canarinhos LGBTQs.

Seminário de Combate ao Racismo e à Violência no Futebol


08h30 – Welcome Coffee e Credenciamento

9h30 – Apresentação Musical da Camerata Jovem do Rio de Janeiro.

10h – Abertura Institucional

– Gilberto Gil, convidado de Honra

– Ednaldo Rodrigues, Presidente da CBF

– Alejandro Domínguez, Presidente da CONMEBOL

– Rodrigo Pacheco, Presidente do Senado Federal

11h – Combate ao Racismo e à Discriminação

Mediador: Fabiano Machado da Rosa, advogado especialista em compliance antidiscriminatório

– Marcelo Carvalho, Diretor do Observatório da Discriminação Racial do Futebol, e Onã Rudá, fundador do LGBTricolor e do Coletivo de Torcidas Canarinhos LGBTQs

Apresentação do Relatório Anual da Discriminação Racial no Futebol 2021.

– Pavel Klymenko, Assessor de Diversidade e Anti-Discriminação da FIFA:

Melhores Práticas Internacionais de Combate à Discriminação e Promoção da Diversidade.

14h30 – Desenvolvimento da Segurança e Prevenção do Racismo e da Violência

Mediador: Luiz Claudio do Carmo, Presidente da Associação Nacional das Torcidas Organizadas (ANATORG)

– Andrey Reis, Líder de Planejamento e Operações de Segurança da FIFA:

Melhores Práticas Internacionais de Desenvolvimento e Gerenciamento da Segurança.

– Stuart Dykes, CEO da SD Europe e especialista em Relacionamento com as Torcidas da UEFAe Lena Wiberg, Líder de Desenvolvimento e Treinamento da SD Europe:

A implementação do Programa de Agentes de Relacionamento com as Torcidas na UEFA.

16h50 – Cooperação em Segurança e contra o Racismo no Futebol Sul-americano

Mediador: Padre Omar Raposo, reitor do Santuário Cristo Redentor

– Alejandro Moreno, Coordenador de Segurança das Competições CONMEBOL

A Atuação da Gerência de Segurança nas competições CONMEBOL.

– Rodrigo Carnevale, delegado de Polícia Federal e chefe da Interpol Brasil, e Thiago Horta Barbosa, agente da Polícia Federal e especialista do Projeto Stadia da Interpol

Cooperação Internacional em Segurança de Eventos Esportivos.

18h10 – Encerramento

– Ednaldo Rodrigues Gomes, Presidente da CBF

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: