Ex-presidente do Atlético Mineiro critica pênalti marcado contra o Fortaleza e pede CPI do Futebol

Foto: Rafael Araújo

A eliminação do Fortaleza para o Fluminense na Copa do Brasil continua repercutindo. Após o empate por 2 a 2, o Leão do Pici reclamou da atuação da arbitragem nos dois gols anotados pela equipe carioca. O presidente do clube Marcelo Paz criticou a marcação do pênalti que gerou o tento de Paulo Henrique Ganso.

A crítica por parte do dirigente do Fortaleza ganhou o apoio de jornalistas e outros nomes ligados ao futebol brasileiro. Ex-presidente do Atlético Mineiro, Sergio Sette Camara repercutiu o vídeo de Marcelo Paz e disse que ‘uma CPI do futebol se faz necessária e urgente’.

“Presidente Marcelo Paz é um dos melhores e mais corretos dirigentes que já conheci. Fatos lamentáveis como esses merecem profunda investigação. Uma CPI do futebol se faz necessária e urgente. É preciso passar nosso futebol a limpo! Chega de privilégios para os clubes do eixo”, escreveu Sette Camara.

Redação

.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: