Sidney Moraes deixa o Ferroviário depois de três jogos e clube já trabalha para anunciar novo treinador

Foto: Lenilson Santos

Durou pouco tempo a passagem do técnico Sidney Moraes no Ferroviário. Nesta segunda-feira, 4, a diretoria Coral anunciou a demissão do treinador após três jogos realizados. A derrota para o Manaus, por 4 a 2, no último sábado, 2, foi a última partida de Sidney no comando do Tubarão da Barra. Sem vencer à seis jogos, o Ferroviário entrou na zona de rebaixamento da Série C do Campeonato Brasileiro e vive situação delicada.

Sidney chegou ao Ferroviário para ocupar a vaga de Roberto Fonseca. O treinador dirigiu o time em três partidas e amargou três derrotas, para Brasil de Pelotas (3×1), Floresta (2×0) e Manaus (4×2). Moraes ficou menos de um mês no Tubarão. Na última semana, o presidente Newton Filho já havia renunciado ao cargo.

Em nota oficial, o Ferroviário oficializou a demissão de Sidney e anunciou que já travalha para conquistar um substituto:

A diretoria coral comunica oficialmente a não continuidade do técnico Sidney Moraes e de sua comissão técnica, composta pelo auxiliar Wesley Édson e do preparador físico Cláudio Café.

Agora, o clube segue em negociações para tão breve anunciar o novo comando técnico para a sequência da temporada.

Sindey Moraes deixa o comando do Ferroviário - Foto: Lenilson Santos/Ferroviário AC
Sindey Moraes deixa o comando do Ferroviário – Foto: Lenilson Santos/Ferroviário AC

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: