A importância do Clássico-Rei para Vojvoda e Marquinhos Santos

Foto: Leonardo Moreira/Fortaleza EC e Fausto Filho/Ceará SC

Nesta quarta-feira, 22, Ceará e Fortaleza disputam o primeiro duelo das oitavas de final da Copa do Brasil a partir das 20 horas. O confronto chega no momento em que as duas equipes passam por momentos distintos no Campeonato Brasileiro, mas que pode ser significativo para seus treinadores.

Récem-contratado após a saída de Dorival Júnior, o técnico Marquinhos Santos vai em busca de sua primeira vitória no comando do Ceará. Até o momento, o profissional dirigiu o elenco Alvinegro em duas partidas no Brasileirão e saiu de campo em jogos sem gols contra Atlético Mineiro e Cuiabá. Ex-treinador do Fortaleza, Marquinhos pode conquistar seu primeiro triunfo justamente contra o maior rival.

Apesar dos três jogos sem vitórias no Brasileirão (dois com Marquinhos Santos), o Ceará ostenta uma invencibillidade de 12 partidas. O Vovô é o 13º colocado no Brasileiro com 16 pontos e vem de boas campanhas na Copa Sudamericana e Copa do Brasil. Em caso de derrota no Clássico, Marquinhos continuará seeu início de trabalho no clube, mas um triunfo contra o Fortaleza seria o pontapé inicial ideal para o técnico.

Juan Pablo Vojvoda, do Fortaleza e Marquinhos Santos. do Ceará - Foto: Leonardo Moreira/Fortaleza EC e Felipe Santos/Ceará SC
Juan Pablo Vojvoda, do Fortaleza e Marquinhos Santos. do Ceará – Foto: Leonardo Moreira/Fortaleza EC e Felipe Santos/Ceará SC

Do lado do Fortaleza, Juan Pablo Vojvoda chega ao seu jogo de número 90. Contratado nos primeiros meses de 2021, o técnico argentino que conquistou dois estaduais, uma Copa do Nordeste, além da classificação para a Copa Libertadores e consequetemente para as oitavas da competição sul-americana, passa pelo momento mais turbulento desde que chegou ao Tricolor de Aço. A péssima campanha no Campeonato Brasileiro, com apenas duas vitórias em 13 jogos, e a penúltima posição na tabela, colocam em cheque a tranquilidade que Vojvoda tinha para comandar o Leão do Pici até meses atrás. Além disso, o técnico saiu derrotado nos últimos dois clássicos, sendo goleado por 4 a 0 no Brasileirão de 2021 e perdendo de 1 a 0 na competição atual.

Fora das quatro linhas, os últimos dias para Juan Pablo Vojvoda também não foram tranquilos. Com protestos de torcedores no aeroporto e em um treinamento e problemas internos com jogadores no elenco, o técnico teve passar por novas experiências no Fortaleza. A vitória contra o América Mineiro por 1 a 0 no último domingo, 19, deu um suspiro para a equipe em uma semana tão turbulenta. Dos últimos conco jogos, o Leão sofreu uma derrota, venceu duas vezes e empatou em outras duas oportunidades. A reação ainda é miníma, mas pode demonstrar o poder de recuperação de Vojvoda. Um trinfo contra o Ceará seria o ideial para o técnico recuperar a confiança da torcida.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: