Torcida do Fortaleza protesta em desembarque do time; Delegação do Ceará também também estava no aeroporto

Foto: Reprodução

A derrota para o Avaí na última quinta-feira, 16, na 12ª rodada do Campeonato Brasileiro parece ter sido a gota d’água para alguns torcedores do Fortaleza. Nesta sexta-feira, 17, vários Tricolores se reuniram no Aeroporto Pintos Matins para protestar contra a situação do clube na competição. Com apenas sete pontos conquistados, a equipe do técnico Juan Pablo Vojvoda é o último colocado do Brasileirão e precisa de uma campanha de recuperação para não ser rebaixado.

No protesto, gritos de “Time sem vergonha” foram entoados pelos torcedores presentes. Alguns jogadores tiveram os nomes citados, como o ala Lucas Crispim, que divulgou em sua rede social o convite para um evento de comemoração de aniversário para depois do próximo jogo do Fortaleza. Depois de vilarizar na internet, a postagem foi apagada.

O atacante Robson também foi um dos mais criticados pelos torcedores. Segundo informações do Diário do Nordeste, o jogador foi agredido por um homem, que jogou um capacete na direção dele e do segurança do clube

No próximo domingo, 19, o Fortaleza volta a entrar em campo pelo Campeonato Brasileiro. Na Arena Castelão, o Tricolor de Aço encara o América Mineiro às 18 horas.

Atacante Robson no estacionamento do Aeroporto Pinto Martins - Foto: Reprodução
Atacante Robson no estacionamento do Aeroporto Pinto Martins – Foto: Reprodução

Viajando para Cuiabá, onde enfrentará o time da casa, o Ceará também foi afetado pelo protesto e teve que adotar mudanças na entrada do aeroporto para evitar o encontro com torcedores do Fortaleza: “Por questões de segurança, a delegação alvinegra que viajará para Cuiabá entrará no Aeroporto Internacional Pinto Martins por uma entrada diferente da habitual e em um local sem acesso dos membros de imprensa presentes no local”, disse o clube em nota.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: