CBF afasta árbitro por pênalti não marcado em Yago Pikachu

Foto: Mateus Lotif/Fortaleza EC

Após receber um ofício do Fortaleza questionando a arbitragem na partida contra o Goiás na última quinta-feira, 9, a Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) comunicou o afastamento do árbitro Bruno Arleu de Araújo (FIFA-RJ), juiz da partida na Arena Castelão.

Com o jogo da 10a rodada terminado em 1 a 1, o time cearense reclamou muito de um pênalti não marcado em Yago Pikachu, quando o Fortaleza ainda estava à frente no placar. O ala direito do Leão do Pici foi empurrado dentro da área, o que atrapalhou seu equilíbrio na hora da finalização. O VAR acionou Bruno Arleu para rever o lance no vídeo, mas o árbitro não alterou sua decisão de campo.

Após analisar o lance, a Comissão de Arbitragem reconheceu o erro de Bruno Arleu. O árbitro foi afastado para para o recém-criado Programa de Assistência ao Desempenho de Arbitragem (PADA), onde vai ser avaliado o motivo da interpretação equivocada do juiz.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: