Em súmula, árbitro relata objeto jogado pela torcida do Fortaleza

Foto: Cesar Greco/SE Palmeiras

Delito pode custar mando de campo para o Fortaleza

No último domingo, 22, o Fortaleza recebeu, na Arena Castelão, o Fluminense pela 6° rodada do Campeonato Brasileiro e foi novamente derrotado dentro do nacional.

O 1×0 para os cariocas deixou a situação do tricolor de aço ainda mais complicada na tabela de classificação da Série A. Lanterna, o Leão não deixa essa posição mesmo que vença na próxima rodada, quando enfrenta o Juventude, na Arena Castelão.

Mas outro fator pode complicar ainda mais a caminhada do Fortaleza. O árbitro Anderson Daronco relatou na súmula do jogo contra o Fluminense que na saída do campo, um torcedor do tricolor arremessou uma garrafa de água que pegou em seu peito. Essa citação pode custar mando de campo para o Leão.

Veja a súmula na íntegra:

CASO DE RACISMO

Outro fato que gerou repercussão foi o momento em que a garrafa foi arremessada. Isso porque um homem negro foi levado pela polícia para a delegacia do estádio sendo acusado por ser o autor do delito. Mas em imagens dos próprios torcedores ficou comprovado que o homem não jogou e nem se quer tinha algo em suas mãos. O Fortaleza se posicionou e afirmou que está apurando essa situação.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: