Goleada do Ceará entra no top 10 das maiores da história da Copa Sul-Americana

Foto: Divulgação/Ceará SC

Ceará é o único clube com 100% de aproveitamento na primeira fase

Na última terça-feira, 19, mais de 20 mil alvinegros vira um feito histórico na Arena Castelão na goleada do Ceará por 6 a 0 diante do General Caballero, do Paraguai, pela 5ª rodada da Copa Sul-Americana. Cléber (2), Stiven Mendoza (2), Wescley e Zé Roberto marcaram os gols do triunfo alvinegro.

Pela competição, o Vozão é a única equipe com 100% de aproveitamento em cinco jogos disputados venceu todos e chegará na última rodada dependendo de um empate para se classificar as oitavas de final, mas caso o Independiente não vence o Deportivo La Guaira nesta quinta-feira, 19, a equipe cearense irá para Avellaneda já classificada.

Ceará entra para a história

A goleada aplicada pelo Alvinegro por 6 a 0 se tornou a maior de um clube nordestino na história das competições organizadas pela Conmebol. A equipe comandada por Dorival Júnior superou o Bahia, de 2021 diante do Guabirá por 5 a 0, e o Sport, quando goleou o Alianza Lima em 1988 pela Libertadores.

Maiores goleadas de nordestinos na Conmebol
1. Ceará 6 x 0 General Caballero-PAR – Sul-Americana 2022
2. Sport 5 x 0 Alianza Lima-PER – Libertadores 1988
Bahia 5 x 0 Guabirá-BOL – Sul-Americana 2021
4. Bahia 4 x 0 Melgar-PER – Sul-Americana 2020
Bahia 4 x 0 Blooming-BOL – Sul-Americana 2011

No contexto geral, o triunfo alvinegro entrou no ranking das 10 maiores goleadas da história da competição internacional. A equipe alvinegra “divide” a quinta posição com outras quatro goleadas no mesmo placar.

Maiores goleadas da Sul-Americana (2002-2022)
1. Defensor (URU) 9 x Sport Huancayo (PER) – 2010
2. Grêmio (BRA) 8 x 0 Aragua (COL) – 2021
3. LDU (EQU) 7 x 0 River Plate (URU) – 2009


4. Sol de América (PAR) 7 x 1 Estudiantes de Caracas (VEN) – 2017
5. San Lorenzo (ARG) 6 x 0 Deportivo Italchacao (VEN) – 2003
Newell’s Old Boys (ARG) 6 x 0 Club Deportivo San José (BOL) – 2010
Cerro Porteño (PAR) 6 x 0 Real Potosí (BOL) – 2016
Universidad Católica (EQU) 6 x 0 Melgar (PER) – 2019
Ceará (BRA) 6 x 0 General Caballero (PAR) – 2022


6. Vasco (BRA) 8 x 3 Aurora (BOL) – 2019
7. Colo Colo (CHI) 7 x 2 Alajuelense (CR) – 2006
8. LDU (EQU) 6 x 1 Unión San Felipe (CHI) – 2010
Arsenal de Sarandí (ARG) 6 x 1 Juan Aurich (PER) – 2017

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: