Torcedor do River que fez gesto racista para tricolores é banido dos estádios argentinos

(Foto: Reprodução)

Argentino recebeu nova punição

Uma reviravolta definiu nova punição ao torcedor do River Plate, da Argentina, que fez gestos racistas para a torcida do Fortaleza que foi ao jogo no Monumental Nuñez, pela Libertadores 2022.

Antes, o clube argentino o havia banido por seis meses. No entanto, ele foi punido pelo Ministério de Justiça e Segurança da Cidade de Buenos Aires com a banimento dos estádios da capital por quatro anos.

Além disso, o homem, que é sócio torcedor do River e foi identificado como Gustavo Sebastián Gómez, poderá ter de pagar a multa equivalente a 30 mil dólares (cerca de R$ 150 mil na cotação atual).

Isso porque a pena foi imposta ao clube argentino pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol). No entanto, o time recorreu da decisão e que, caso a multa não seja anulada, será transferida para a pessoa que fez os gestos racistas.

Relembre o caso com os tricolores

O River Plate venceu o confronto contra o Leão do Pici por 2 a 0 válido pela segunda rodada da fase de grupos da competição. Durante a partida, o homem arremessou uma banana em direção aos tricolores.

Outros torcedores do River Plate riam enquanto o ato ocorria. O gesto foi alvo de repúdio tanto dos dois clubes, quanto de outras agremiações brasileiras.

Tricolores
Homem joga bana para tricolores. foto: Reprodução

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: