Próximo adversário do Ceará no Brasileirão, Athletico demite Carille

Foto: José Tramontin/CAP

Na manhã desta quarta-feira, 04, o Athletico Paranaense anunciou a demissão do técnico Fábio Carille, que ficou menos de um mês, mais precisamente 21 dias no comando do clube.

A goleada por 5 a 0 para o The Strongest na noite de ontem foi o suficiente para derrubar o treinador do cargo no Athletico Paranaense. Ao toto, foram sete jogos, três vitórias e quatro derrotas.

Ceará: Próximo adversário no Brasileirão, Athletico demite Carille
Carille ficou 21 dias no Furacão. (Foto: Geraldo Bubniak/AGB)

O anúncio foi feito pelo próprio Carille em suas redes sociais. “Vim ao clube empolgado para trabalhar, organizar essa equipe que pode render muito mais, porém não houve tempo para isso”, disse em texto publicado em sua conta no instagram.

No próximo sábado, o Ceará enfrenta justamente o Athletico, na Arena da Baixada. O clube paranaense vem de quatro derrotas seguidas e figura na 16ª posição do Brasileirão com três pontos somados.

Também na noite desta terça-feira, 03, o Ceará venceu o Deportivo La Guaira pelo placar de 3 a 0 na Arena Castelão pela quarta rodada da Copa Sul-Americana. Para além da goleada dentro de campo, a torcida também deu um show ao chutar o preconceito com um bonito gesto nas arquibancadas.

Os torcedores do Alvinegro estamparam uma grande faixa com a mensagem: “Por um mundo melhor, sem racismo, sem preconceito”. A homenagem vem após a série de atos racistas que clubes brasileiros vivenciaram nas últimas semanas nas competições internacionais.

O caso mais próximo foi do Fortaleza, que viu um torcedor do River Plate arremessar uma banana contra sua torcida no estádio Monumental de Núñez, na Argentina.

Jogando na Arena Castelão, o Ceará venceu o Deportivo La Guaira, da Venezuela, pelo placar de 3 a 0. Os gols do Vozão foram marcados por Mendoza, Vina e Erick. O resultado deixou a equipe alvinegra com chances boas chances de avançar de fase na Copa Sulamericana.

Assista aos gols e melhores momentos de Ceará x La Guaira

Ceará com equipe mista

O técnico Dorival Júnior optou por poupar alguns atletas para a partida de hoje, deixando no banco nomes como Vina, Rodrigo Lindoso, Bruno Pacheco, João Ricardo, entre outros. Sem maiores sustos, os substitutos das devidas posições deram conta do recado e, de quebra, ganharam ritmo de jogo.

Mesmo sem alguns de seus principais jogadores, o Ceará não teve dificuldades para dominar a partida e pouco deixou o adversário com a bola. Tampouco criar. A falta de entrosamento, porém, pesou para a criação do Vovô, que só marcou o primeiro gol aos 14 minutos da etapa final, mas que foi suficiente para abrir o caminho das redes. Nesse meio-tempo, Dorival Júnior teve que promover as entradas de Erick, Vina, Richard e Lindoso.

A equipe alvinegra volta a campo no sábado, 7, pelo Brasileirão, e pontuar fora de casa pode estar nos planos do treinador para a sequência da competição, o que pesou para a decisão de poupar atletas.

Vozão só depende de si pra avançar

Como apenas uma equipe de cada grupo avança na Sulamericana, a vitória de hoje diante do La Guaira mantém o Ceará na liderança isolada, dependendo apenas de si pra avançar para as oitavas.

O concorrente mais próximo é o Independiente-ARG, que soma 9 pontos (três atrás do Vovô) e precisa de uma combinação de resultados pra ultrapassar a equipe alvinegra na briga pela classificação.

Próximo compromisso na Sula

O próximo jogo do Ceará na Copa Sulamericana também acontece na Arena Castelão. O adversário é o General Caballero, do Paraguai, no dia 17 de maio, às 19h15.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: