Futebol Feminino: Ceará e Fortaleza não entram em campo há quatro meses

Foto: Divulgação/Fortaleza EC

Equipes cearenses se preparam para o Campeonato Brasileiro Série A-2

Nos últimos anos, o futebol feminino brasileiro vive em constante mudança e evolução, mas ainda aquém do que pode e deve ser feito para o crescimento da modalidade.

Apesar de ter uma primeira divisão organizada e bem disputada, o calendário para grande maioria das equipes ainda é bem escasso. Mesmo com grande clubes, como Ceará e Fortaleza, a temporada de jogos é curta. São quase seis meses parados.

Os dois maiores clubes do Estado disputam apenas duas competições ao longo do ano: o Campeonato Cearense e o Campeonato Brasileiro Série A-2.

A última aparição das equipes aconteceu em dezembro pela final do Campeonato Cearense quando o Ceará sagrou-se campeão diante do rival Fortaleza.

Para que os clubes não fiquem tanto tempo ociosos se faz necessário mais competições a nível nacional e estadual. Não existe Copa do Nordeste ou Copa do Brasil, por exemplo, muito menos uma segunda competição estadual.

Numa temporada de doze meses, os clubes atuam cerca de metade e ficam sem jogos oficiais durante um longo período.

Ceará e Fortaleza pelo Campeonato Cearense - Foto: Divulgação/Fortaleza EC
Ceará e Fortaleza pelo Campeonato Cearense – Foto: Divulgação/Fortaleza EC

2 thoughts on “Futebol Feminino: Ceará e Fortaleza não entram em campo há quatro meses

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: