Confira quanto o Ceará deve pagar por cartões na Sul-Americana

Foto: Fausto Filho/Ceará SC

Conmebol cobra multa dos clubes por cartões nas competições da entidade

Na noite da última terça-feira, 27, o Ceará venceu o General Caballero, no Paraguai, por 2 a 0 e continuou na liderança do Grupo G com 100% de aproveitamento em três jogos disputados.

Paralelo a esse feito, a torcida alvinegra vem ficando na bronca com os inúmeros cartões que o clube vem recebendo seja amarelo ou vermelho. Nos últimos seis jogos, o Vovô teve cinco expulsões inclusive em dois da Copa Sul-Americana, Nino Paraíba diante do Independiente, e Lucas Ribeiro, na última rodada.

Para piorar a situação, a Conmebol cobra do clube por cada advertência concedida pela arbitragem nos jogos em competições internacionais.

Na primeira fase, se algum jogador do Ceará tomar um cartão amarelo, vai pagar 500 dólares, algo em torno de R$ 2,5 mil. Se levar um cartão vermelho, vai desembolsar 1,5 mil dólares, cerca de R$ 7 mil.

Os valores são descontados da premiação pela participação no torneio.

Ceará

CEARÁ – CARTÕES NA COPA SUL-AMERICANA

  • Ceará x Independiente
  • Bruno Pacheco, Nino Paraíba, Fernando Sobral e Mendoza (Cartões Amarelos) Nino Paraíba (Cartão Vermelho)
  • La Guaira x Ceará
  • Richard Coelho (Cartão Amarelo)
  • General Caballero x Ceará
  • Richard Coelho, Geovane, Vina, Erick, Lucas Ribeiro e Dorival Júnior (Cartão Amarelo) e Lucas Ribeiro (Cartão Vermelho)

Considerando todos os cartões amarelos inclusive os segundos que resultaram expulsão dos jogadores alvinegros, o clube deve ter descontado da sua premiação cerca de 8200 dólares (R$ 40.600 na cotação atual).

Ceará

Sobral sofre fratura na vértebra; especialista explica tempo de recuperação

Na noite desta terça-feira, 26, o Ceará trouxe mais uma atualização dos jogadores que estão no departamento médico. A notícia que mais pegou os torcedores de surpresa foi em relação a Fernando Sobral.

O volante sofreu uma uma fratura de vértebra lombar e virou desfalques no time comandado pelo técnico Dorival Júnior. O portal Futebol Cearense consultou um médico especialista em coluna vertebral que comentou sobre o assunto.

Uma fratura da coluna vertebral (também chamada de fratura vertebral por compressão) ocorre quando um dos ossos da coluna vertebral fratura ou fragmenta.

De acordo com o Dr. Eduardo Magalhães, o prazo de recuperação para uma fratura da vértebra lombar normalmente varia entre 6 a 8 semanas, mais tardar 10 semanas.

Ainda segundo médico, o paciente é imobilizado com um colete putti para tirar o excesso de movimento da coluna para que ocorra a consolidação óssea. Dessa maneira, o jogador pode ficar fora por um período de até três meses para recuperação completa.

Essa é a segunda lesão de Sobral na temporada 2022. Em fevereiro, o volante havia sofrido um edema na parte posterior da coxa esquerda. Além dele, estão no departamento médico mais cinco jogadores.

Jael em recuperação pós-cirúrgica de lesão no tendão de Aquiles. Zé Roberto com trauma no tornozelo esquerdo. Luiz Otávio com lesão muscular na panturrilha esquerda.

Mendoza com desconforto na parte posterior da coxa e Léo Rafael com uma lesão muscular em posterior da coxa. Os atletas Marcos Ytalo, Richardson e Matheus Peixoto iniciaram a transição.

O Departamento médico do vovô não emitiu nenhum boletim sobre o tempo de recuperação de Fernando Sobral ou outro atleta do elenco.

One thought on “Confira quanto o Ceará deve pagar por cartões na Sul-Americana

  • Pingback: Ceará: Repórter revela erro na preparação física

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: