Superintendente revela quando o gramado do Castelão ficará 100% recuperado

Novo capítulo sobre o gramado! Na manhã desta quarta-feira, 20, o Superintendente de Obras Públicas, Quintino Vieira, fez um registro direto da Arena Castelão mostrando que o local do estádio já recebeu melhorias nos últimos dias.

O governo trouxe agrônomos que cuidam de grandes estádios como Maracanã, Mineirão e Vila Belmiro foram contratados para ajudar nessa recuperação para que a Arena volte a ter condições de jogo.

Quintino ainda ressaltou que no próximo domingo o gramado já deve estar 100% recuperado. “Graças a Deus está dando tudo certo, as pessoas que pensam pelo lado do mal vão quebrar a cara porque só pensam em prejudicar. As coisas vão acontecer pelo lado do bem e nós só podemos mostrar isso trabalhando, é isso que estamos fazendo”, afirmou.

Superintendente revela quando o gramado do Castelão deve ficar 100% recuperado
O Superintendente de Obras Públicas, Quintino Vieira, fez um registro direto da Arena Castelão.

RELEMBRE OS FATOS SOBRE O GRAMADO

Um vídeo compartilho no Twitter na última segunda-feira, 18, mostra o estado assustador que se encontra atualmente o gramado da Arena Castelão, palco de uma Copa do Mundo e de jogos de Ceará e Fortaleza em grandes competições nacionais e internacionais.

Já há algum tempo, jogadores dos clubes cearenses e também de outras regiões que vem a cidade de Fortaleza chamam atenção para a condição do estádio, que não possibilita a prática do futebol com a qualidade que deveria ser.

Inclusive, no jogo do último domingo entre Ceará e Botafogo, o árbitro Raphael Claus (FIFA-SP) relatou em súmula o estado do gramado da Arena Castelão: “Informo que o estado do gramado se encontrava muito ruim, com placas de grama soltas, pedras e pedaços pequenos de vidro.”

Além dele, o técnico do vovô, Dorival Júnior também reclamaram da situação. “É terrível você jogar num gramado como esse: castigado, horrível”, disse o comandante.

Vale lembrar que a Arena Castelão já vem recebendo melhorias em virtude dos vários jogos disputados no estádio e também das fortes chuvas no período de março e início de abril. 

A Sejuv se manifestou nesta segunda-feira, 18. Segundo o órgão, os clubes não aceitaram a mudança de gramado por que a paralisação impossibilitaria a realização de jogos na praça esportiva.

Na época, segundo a entidade foi cogitada a mudança para colocação de um gramado híbrido, com implantação de grama natural (90%) e sintética (10%) no Castelão.

CONFIRA UM TRECHO DA NOTA:

“A Superintendência de Obras Públicas (SOP) e a Secretaria do Esporte e Juventude (Sejuv) explicam que a solução definitiva para melhoria do campo de jogo da Arena Castelão passa pela troca do gramado. Algo que, a pedido dos clubes, não foi realizado no fim de 2021 porque representaria a impossibilidade de partidas oficiais na praça esportiva por quatro meses.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: