Robinson diz que arbitragem ‘prejudicou’ o Ceará e promete ação na CBF

No fim da manhã desta segunda-feira, 18, o presidente do Ceará, Robinson de Castro, usou o seu Twitter e se manifestou contra o desempenho da arbitragem de ontem na derrota por 3 a 1 para o Botafogo na Arena Castelão.

Raphael Claus era o árbitro principal da partida, os seus assistentes eram os paulistas Danilo Ricardo Simon Manis e Neuza Ines Back. Os catarinenses Rodrigo Alonso Ferreira e Helton Nunes estavam como Árbitro de Vídeo e Assistente de Vídeo, respectivamente.

Arbitragem ontem muito ruim com erros que prejudicaram o Ceará. Critiquei a arbitragem quando vencemos o Palmeiras, faço agora na derrota para o Botafogo. Faremos a representação junto à comissão de arbitragem da CBF. Mesmo com a tecnologia a seu favor a arbitragem não evolui, disparou o mandatário alvinegro.

O elenco do vovô se reapresentou na manhã desta segunda-feira, 18, para retomar os treinamentos visando o jogo da quarta-feira, pela Copa do Brasil, contra o Tombense. 

Robinson diz que arbitragem prejudicou o Ceará e promete ação na CBF

TIME INDISCIPLINADO

Nas duas partidas pelo Brasileirão, um fato em comum atrapalhou o Ceará durante os 90 minutos: o alto número de cartões. Até o momento, em duas rodadas, o Vozão é o único clube que levou dois cartões vermelhos, o maior número entre as equipes da Série A. 

Contra o Palmeiras, Vina foi expulso “por segurar seu adversário de maneira acintosa, mostrando desrespeito ao jogo”, segundo súmula do árbitro Caio Max. Já na partida diante do Botafogo, Lima foi expulso aos 48 minutos do segundo tempo, quando o jogo já estava 3 a 1 em favor do clube carioca. 

GRAMADO RUIM

Neste domingo, 17, Ceará e Botafogo se enfrentaram pela segunda rodada do Campeonato Basileiro. Na Arena Castelão, em um jogo que recebeu mais de 30 mil torcedores, a equipe carioca venceu o Vovô por 3 a 1. No entanto, algo que chamou a atenção durante a partida foi o estado do gramado do Castelão. O campo, que já havia recebido críticas de jogadores e técnicos anteriormente, agora também foi motivo de reclamação da arbitragem.

O árbitro do duelo Alvinegro, Raphael Claus (FIFA-SP) relatou em súmula o estado do gramado da Arena Castelão: “Informo que o estado do gramado se encontrava muito ruim, com placas de grama soltas, pedras e pedaços pequenos de vidro.”

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: