Arena Castelão: Série de restrições e inúmeros problemas geram incômodos nos torcedores

Foto: Arena Castelão

Torcedores enfrentam problemas e série de proibições na Arena Castelão

No último dia 04 de março, o Governo do Estado liberou 100% da capacidade de público na Arena Castelão para jogos de futebol mediante a confirmação do Passaporte Vacinal, comprovando as três doses da vacina contra a Covid-19 e uso obrigatório de máscara.

Mesmo antes da tirada de restrições de público nas praças esportivas do Estado, os torcedores listaram inúmeras reclamações de como estão sendo tratados no estádio. Mesmo em jogos com menos de 20 mil pessoas para um local que cabe mais de sessenta, alvinegros, tricolores e corais reclamaram das longas filas para adentrar à arena e portões com capacidade reduzida de catracas com funcionamento.

Os problemas de relação entre polícia e torcedores é um problema enraizado e cultural seja pela truculência no tratamento dos oficiais ou da falta de comportamento de alguns presentes, mas é necessário encontrar um equilíbrio para que o torcedor não se sinta acuado no estádio.

Arena Castelão e proibições

Recentemente, vários torcedores relataram nas redes sociais uma série de restrições do que se pode fazer na praça esportiva. A venda de bebidas alcoólicas é permitida nos bares do estádio, mas quem quiser ficar no estacionamento com sua bebida ou som automotivo é proibido pela polícia.

Na hora da entrada, além das inúmeras filas, o torcedor não pode levar uma bateria portátil ou um rádio de pilha, pois na hora da revista são impedidos de entrar com os objetos com a justificativa que pode ser arremessados no gramado.

Arena Castelão

Gestão de Ceará e Fortaleza

Desde 2019, o equipamento esportivo estadual é gerido por Ceará e Fortaleza no dias de seus jogos. Além da gestão da Arena Castelão, Ceará e Fortaleza ampliaram sua participação em projetos do Governo do Estado que estimulam famílias carentes a buscarem opções dignas em suas vidas. A dupla já apoia iniciativas no sistema socioeducativo do Estado e contribui com ações nas areninhas, o Futpaz.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: