Após pressão da torcida, Fortaleza descarta contratação do lateral Marcinho

(Foto: Gustavo/Athletico PR)

Lateral-direito era especulado no Fortaleza

Ao que tudo indica a pressão exercida pela torcida do Fortaleza nas redes sociais surtiu efeito. Isso porque o Tricolor de Aço descartou a contratação do lateral-direito Marcinho, de 25 anos, que pertence ao Athletico (PR).

As informações são do Globo Esporte Ceará. Após especulações de que o atleta viria para clube Cearense, os torcedores iniciaram campanha contra a contração nas redes sociais com hashtag #MarcinhoNão.

Fortaleza
(Foto: José Tramontin/ Athletico)

O jogador é acusado de homicídio culposo (quando não há intenção de matar) no processo criminal da morte de um casal de professores, que veio a óbito depois de um atropelamento em 30 de dezembro de 2020, no Rio de Janeiro. O caso ocorre na 34ª vara Criminal do RJ.

Em 2021, Marcinho fez acordo com os herdeiros das vítimas Alexandre Silva de Lima e Maria Cristina José Soares, para pagamento de R$ 200 mil em indenizações, sendo R$ 50 a quatro netos menores de idade. Há ainda um acordo extrajudicial para indenizar parentes maiores de idade.

Outros interessados além do Fortaleza

Cuiabá (MT) e Goiás (GO), clubes que estavam interessados na contratação do jogador também saíram da jogada, conforme o GE. A reportagem apurou que ele negocia com o Grêmio (RS).

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: