Por decisão unânime, justiça anula eleição do Ceará; decisão cabe recurso

Desde a eliminação para o Iguatu, o clima pelo lado do Ceará não é dos melhores. Além das saídas de Jorge Macedo, Daniel Azambuja, André Volpe e Bruno Reis, a torcida alvinegra foi surpreendida com mais uma notícia no início da manhã desta terça-feira (1). Por decisão unânime do TJD-CE, a eleição majoritária do vovô foi invalidada.

Nesse cenário, a chapa vencedora, embaçada por Robinson de Castro, estaria impugnada. O mesmo não poderia mais assumir o cargo de presidente da instituição. Apesar de caber recurso, a diretoria alvinegra segue esperando notificação.

O caminho natural agora é que Evandro Leitão, presidente do conselho deliberativo, assuma de forma interina. É provável que na próxima semana uma nova eleição seja realizada. João Paulo, diretor financeiro do clube, é visto como favorito da situação. Eduardo Arruda também é um nome forte.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: