Floresta irá montar dois elencos para a temporada 2022; entenda o caso

Foto: Ronaldo Oliveira/Floresta EC

Umas das equipes emergentes do futebol brasileiro nos últimos anos, o Floresta segue ousando para alçar voos mais altos e conquistar seus objetivos. Com calendário cheio em 2022, o Verdão da Vila Manoel Sátiro vai se dividir em diferentes planteis para focar em cada competição.

Atualmente na Copa do Nordeste, o Floresta ocupa a sétima colocação com sete pontos e está na luta por uma vaga nas quartas de final da competição regional. Faltando duas rodadas para o término da fase de grupos, o Lobo da Vila recebe o Atlético de Alagoinhas, da Bahia, e encerra diante do Sport. A diferença para o quarto colocado é de apenas um ponto.

Floresta terá dois elencos na temporada

Com o foco principal na Série C, o Floresta vai em busca do acesso a segunda divisão após garantir a permanência em 2021. Com a mudança no regulamento da competição nacional, o desgaste e a logística ficarão muito mais complicadas para a equipe cearense, que além da Copa do Nordeste e Série C, disputará o Campeonato Cearense Série B e a Taça Fares Lopes.

A terceira divisão será disputada em um turno único, com todos jogando contra todos, e os oito primeiros colocados avançando para uma segunda fase. Os 10 melhores ranqueados do torneio jogarão 10 jogos em casa e nove fora, enquanto o restante fará 10 partidas fora e nove em seus domínios.

Com poucas datas disponíveis, os jogos devem acontecer com poucos intervalos de dias e, por isso, a diretoria do clube resolveu montar dois plantéis para buscar os objetivos nas competições.

O elenco principal, dirigido por Ricardo Drubscky, comandará a equipe na Série C e, a depender das datas, na Fares Lopes enquanto o outro plantel que está sendo montado jogará a segunda divisão estadual para buscar o acesso.

Para isso, o Floresta contratou o gerente de futebol Raul Santos, que estava no Iguatu, e será o responsável pela montagem desse segundo elenco juntamente com o trabalho nas categorias de base, ou seja, serão dois elencos profissionais no Floresta.

A comissão técnica desse novo elenco também será outra e não terá o comando de Ricardo Drubscky. Existe a possibilidade de Daniel Rocha comandar a equipe no estadual já que o mesmo fez isso na temporada 2021 e levou a equipe à fase de grupos da Copa do Nordeste.

Primeiro reforço do novo elenco

Max Oliveira já treina na Vila Manoel Sátiro (Foto: Ronaldo Oliveira/Floresta EC)

Max, de 28 anos, é o primeiro reforço do Verdão da Vila para o início do estadual. Após boas temporadas no futebol cearense, o atleta defenderá o manto alviverde com contrato definitivo válido até o fim do certame.

Max ganhou destaque no Fortaleza, iniciando sua trajetória nas categorias de base ente 2012 e 2013, assim, ganhou a primeira oportunidade no futebol profissional em 2014. O defensor defendeu o tricolor até 2017, onde atuou nas competições da época.

Com passagens por Pacajus/CE, Icasa/CE, Caucaia/CE, Oirense/PI, Guarany de Sobral/CE, Capital FC/DF, Iguatu/CE e Barbalha/CE, Max conquistou dois campeonatos cearenses pelo Fortaleza, foi campeão duas vezes da 2ª divisão do Cearense; Caucaia e Icasa. E fora do estado, almejou o título da 2ª divisão do Piauiense.

“Fico feliz pela oportunidade em poder estar vestindo a camisa do Floresta Esporte Clube, uma equipe que vem crescendo ao passar das temporadas e ganhando visibilidade em todo o Brasil. Agora é o momento de trabalhar, focar no objetivo principal que é levar o Verdão para elite do futebol cearense e, passo a passo almejar o objetivo”, disse Max Oliveira.

Seja bem-vindo, guerreiro! Saudações alviverdes!

Ficha técnica:
Nome: Max Oliveira da Silva
Idade: 28 anos
Posição: Zagueiro
Clubes que passou: Fortaleza/CE, Caucaia/CE, Icasa/CE, Iguatu/CE, Oirense/PI, Guarany de Sobral/CE, Capital/DF, Barbalha/CE e PacajuS/CE.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: