Ceará: Tempos distintos escancaram falta de opções de Tiago Nunes no elenco

Foto: Pedro Chaves/FCF

Vovô fez bom primeiro tempo, mas caiu de rendimento na segunda etapa

Na noite da última terça-feira, 23, o Ceará estreou no Campeonato Cearense 2022 diante do Iguatu em jogo válido pela ida das quartas de final do certame estadual. O Vozão venceu por 2 a 1, gols de Stiven Mendoza e Zé Roberto, ambos de pênalti, mas saiu vaiado pela torcida após o apito final.

A insatisfação dos alvinegros que compareceram ao estádio se deu, principalmente, pelo desempenho do segundo tempo, pois na etapa inicial, o volume de jogo apresentado pelo Ceará poderia ter definido o jogo e praticamente garantido vaga na semifinal. Além dos dois gols, a equipe alvinegra contou com bom desempenho de Léo Rafael e Vina para criar oportunidades, que não foram convertidas e vem sendo a pedra no sapato desse início de tempo.

Com a vantagem no placar, o técnico Tiago Nunes resolveu mudar já no intervalo para preservar alguns jogadores e testar outros. O treinador promoveu as entradas de Erick, Marlon e Geovane para as saídas de Victor Luís, Léo Rafael e Richardson. Com as alterações, o Iguatu cresceu no jogo, diminuiu o placar e poderia ter chegado ao empate. O Ceará pouco ameaçou na segunda etapa e as entradas de Gabriel Santos e Nino Paraíba pouco acrescentaram no jogo alvinegro.

Ceará: Fala, Tiago Nunes

“Tivemos uma atuação realmente que deixamos a desejar. Não só no segundo tempo, mas no primeiro também, mesmo com o placar por 2 a 0 poderíamos ter tido uma atuação melhor. De maneira geral a equipe não se apresentou bem. Temos que nos reorganizar, porque em nenhum aspecto a equipe foi soberana. Mesmo a equipe adversária não tendo grandes oportunidades, deixamos a desejar em questão de performance, principalmente comparando a equipe com nós mesmo em outros momentos. A vitória veio, o resultado é importante, mas a atuação, no meu ponto de vista, deixou a desejar. Responsabilidade totalmente minha”, analisou Tiago Nunes

Quando precisou rodar o elenco ou procurar opções para mudar uma partida, o treinador viu a equipe cair de nível de forma brusca e o desempenho não ser nem parecido dos que estavam atuando. O Ceará precisa de reforços pontuais para que Tiago Nunes possa exercer seu estilo de jogo e precise trocar peças para manter o nível.

Zé Roberto marcou seu primeiro gol na Arena Castelão (Foto: Stephan Eilert/Ceará SC)


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: