Futsal: Após imbróglio entre CBF e CBFS, Supercopa é suspensa e vaga na Libertadores fica indefinida

Foto: Divulgação/Ceará SC

Entidades acabaram divergindo sobre o representante na competição continental de futsal

A Supercopa de Futsal, marcada pra começar nesta quarta-feira (16), foi cancelada, mesmo restando menos de 24 horas para a bola rolar na cidade de Cascavel. A competição garantia ao campeão uma vaga direta na Libertadores da América de 2022, mas uma indefinição entre a Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), de quem representará o Brasil no campeonato continental, causou atrito entre os clubes.

A Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) confirmou na manhã desta terça-feira a suspensão da Supercopa Masculina, que seria realizada de 16 a 19 de fevereiro na cidade de Cascavel-PR. Nas últimas semanas, várias polêmicas colocaram em dúvida a realização da competição com os principais campeões do país.

Sorocaba e Cascavel eram os favoritos da Supercopa — Foto: Guilherme Mansueto/Magnus Futsal
Cascavel venceu o Magnus na final da Liga Nacional de Futsal (Foto: Guilherme Mansueto/Magnus Futsal)

A Supercopa reuniria quatro equipes: Cascavel (campeão da LNF 2021), Sorocaba (campeão da Taça Brasil), Ceará (campeão da Copa do Brasil) e Asec-PE (campeão da Copa Nordeste).

Futsal: A guerra fria entre CBF e CBFS

Na última edição da Copa do Mundo de Futsal, na qual a Seleção Brasileira ficou em terceiro lugar, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) assumiu o comando da equipe fazendo com que a CBFS fosse descartada nesse processo. A preparação aconteceu no Rio de Janeiro e a concentração dos convocados foi a Granja Acomary, casa oficial da Seleção Brasileira de Futebol.

A CBFS, que antes administrava o esporte, passa por muitos problemas financeiros, o que dificultava seu trabalho.

Considerado passo importante para o desenvolvimento da estrutura do futsal brasileiro, já que toda a logística e administração ficou por conta da CBF, assim como a captação de patrocínios, e registros e transferências de jogadores. Com isso, a seleção passou a utilizar uniformes da Nike, como é no futebol de campo.

A mudança de gestão, no entanto, não afetaria a organização das competições nacionais e de federações da modalidade (Liga Nacional, Supercopa e Taça Brasil, por exemplo), que continuaram administradas pela CBFS, que teve resguardada sua autonomia jurídica, administrativa e patrimonial, além de sua independência econômica e financeira com relação à CBF, como foi afirmada em ata divulgada.

Como de costume a Supercopa, desde 2016, garante ao campeão uma vaga na Libertadores. A CBFS repassava a indicação do representante brasileiro para a CBF, que informava a Conmebol (entidade que organiza a Libertadores).

A confusão nesta temporada começou quando a Confederação Brasileira de Futebol indicou o Cascavel diretamente para a participação na Libertadores, sem depender do título da Supercopa. No dia 10 de fevereiro, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) sinalizou o Cascavel como representante do país após pedido de indicação da Conmebol. Depois da decisão, o Sorocaba emitiu um comunicado informando a desistência da Supercopa.

O Ceará seguiu o mesmo caminho, e inclusive, não inclui o campeonato na programação da equipe. O Cascavel, equipe sediante, afirmou não ter como captar recursos após a saída dessas equipes. A Associação Esportiva Caruaru, de Pernambuco, estava com as passagens do elenco e comissão técnica compradas e recebeu a notícia da suspensão do campeonato horas antes do embarque.

Nota oficial da CBFS

“A Supercopa Masculina de Futsal, que reúne os campeões da Taça Brasil (Divisão Especial), Copa do Brasil, Copa Nordeste e Liga Nacional, ocorrerá de 16/02/2022 a 19/02/2022 em Cascavel (PR), inclusive já tendo equipes a caminho da cidade sede da competição.

A Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) é entidade autônoma na gestão do futsal brasileiro e indica a equipe para as disputas da Conmebol Libertadores de Futsal, adotando sempre o critério técnico, a partir dos resultados das competições geridas e/ou autorizadas pela CBFS, classificando os campeões da temporada anterior para disputa da Supercopa, competição que possibilita a disputa da vaga na Libertadores aos clubes pertencentes aos 27 estados brasileiros e não apenas aos clubes que possuem melhores condições financeiras.

A Conmebol Libertadores de Futsal ocorre desde 2001 e todas as indicações brasileiras para a disputa da competição sul-americana foram feitas pela CBFS, sendo indicados desde 2016 os campeões da Supercopa de Futsal.

Sendo assim, informamos que, finalizada a Supercopa na cidade de Cascavel (PR), será realizada a indicação formal à CBF da equipe campeã, respeitando-se, portanto, o critério técnico, para que possa dar seguimento com a participação do clube brasileiro na Libertadores.”

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: