FCF fecha parceria com empresa para investigar apostas suspeitas no Cearense

Foto: Divulgação/FCF

Com o objetivo de coibir práticas ilícitas em jogos de apostas relacionados ao futebol cearense, a Federação Cearense de Futebol comunica que a Sportradar irá auxiliar a mentora em análises de dados esportivos

Depois de denuncias sobre manipulação de resultados no Campeonato Cearense, a FCF (Federação Cearense de Futebol) anunciou nesta sexta-feira, 11, um acordo com a Sportradar, empresa multinacional com sede na Suíça que trabalha com a coleta e analise de dados esportivos, prestando serviços às casas de apostas, federações desportivas e empresas de comunicação social.

A empresa tem como especialidade o fornecimento de dados e conteúdos esportivos que irão auxiliar a FCF a investigar apostas suspeitas. Caso haja alguma atitude suspeita ou inusitada nas apostas realizadas durante o jogo, eles enviam um relatório à FCF que, por seu turno, irá tomar todas as medidas necessárias.

As suspeitas de manipulação no Campeonato Cearense tiveram início quando áudios circularam no WhatsApp sobre uma suposta manipulação de resultados. Com apoio e denúncia da FCF, o Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol do Estado do Ceará (TJDF-CE) vai investigar os envolvidos e já tem um suspeito.

FCF fecha parceria com empresa para investigar apostas suspeitas no Cearense
FCF fecha parceria com empresa para investigar apostas suspeitas no Cearense

O Crato lançou uma nota oficial esclarecendo não ter ligação com esse suposto dirigente.

Na dia 21 de janeiro, o Coordenador do Núcleo de Desporto e Defesa do Consumidor (Nudtor), o promotor de Justiça Edvando França disse ao Diário do Nordeste que não há dúvida do envolvimento de sites de apostas.

Caucaia, Crato e Barbalha são as equipes envolvidas em jogos influenciados no Campeonato Cearense e do Brasileirão Série D.

“Não há dúvida. Tem pessoas influenciando dentro de campo, isso é fato. Falta saber se é torcedor, amigo de torcedor, arbitragem…Com essas provas e áudios que apareceram a coisa ficou mais ou menos escancarada. Isso não quer dizer que o clube esteja envolvido. Pode ser que sim ou não. Só a investigação vai dizer. E esse ano, entre Caucaia e Crato, as denúncias afloraram mais fatos. Nós temos as apólices de apostas, depoimentos de testemunhas… Há testemunhas com medo de depor, e vamos tentar protegê-las”, revelou o promotor.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: