Com o Castelão lotado, Ceará empata com a equipe do América Mineiro

(Foto:Kely Pereira/AGIF)

Sobrou vontade e faltou capricho no empate em 0 a 0 no Castelão

Na noite deste domingo, 5, o Ceará encarou a equipe do América Mineiro na Arena Castelão. A partida foi válida pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro 2021 e contou com apoio máximo do torcedor que lotou o estádio para apoiar o Alvinegro, com mais de 50 mil presentes no Castelão. Diante da festa da torcida, o Vovô ficou no 0 a 0 e desperdiça a chance de subir na tabela e encaminhar uma vaga na Libertadores. Assim, o Vozão permanece na 9ª colocação, com 50 pontos, porém pode terminar a rodada em 10º colocado caso o Internacional vença seu jogo. A equipe encerra sua participação contra o Palmeiras, dia 9 e ainda está vivo na luta pela Libertadores.

Primeiro Tempo

A partida começou com o Ceará bastante intenso e logo nos primeiros segundos assustou o América com jogada rápida de Lima que mandou pra Jael chutar travado na defesa. Era o Alvinegro que dominava o ritmo de jogo nos minutos iniciais. No entanto, uma má notícia para a equipe da casa foi a substituição precoce do atacante Jael, aos nove minutos, e do lateral Bruno Pacheco logo na sequência, aos 12 minutos, ambos por lesão muscular. Assim, obrigando o técnico Thiago Nunes a queimar duas substituições logo nos minutos iniciais.

Após isso, o América equilibrou o jogo e em jogada perigosa pela direita o zagueiro Luiz Otávio quase faz contra, porém João Ricardo evita o gol com uma bela defesa. A resposta do Ceará veio aos 23 minutos, quando em falta perigosa na entrada da área do time visitante Vina chutou com perigo por cima do gol. Posteriormente, o ritmo da partida caiu e com poucas oportunidades para ambos os lados. Perto do fim, Fabinho ainda finalizou forte de fora da área porém parou na defesa segura e sem sustos de Matheus Cavichioli. Dessa forma, as equipes foram para os vestiário no 0 a 0, após um primeiro tempo de pouca criatividade e precisão nos chutes.

Segundo Tempo

Na volta do intervalo foi a vez do América pressionar começando a desenhar uma pressão, que assustou o Ceará nos minutos iniciais. Porém, pressão essa que logo foi controlada pelo lado alvinegro. Nos minutos seguintes foi apenas a equipe da casa que pressionou e quase abriu o placar diversas vezes. A pressão começou logo após Cléber desperdiçar uma chance clara na saida errada de Matheus Cavichioli, deixando a meta livre para o atacante. No entanto, o chute foi fraco e o zagueiro Anderson evitou o que seria o primeiro gol do Ceará no jogo. Logo depois, aos 15 minutos, Cléber até chega a marcar, mas Mendoza estava bastante impedido, anulando o gol. No minuto seguinto novamente foi o Vozão quem chegou com perigo, quando em escapada pela direita Igor lança na área para a finalização de voleio de Lima. O belo chute parou em Cavichioli que na sequência salvou novamente em outro chute do camisa 45.

Eram os donos da casa que dominavam o jogo e desde o início da segunda etapa que os visitantes não traziam nenhum perigo. No entanto, a resposta do Coelho começou com Marlon que chutou de longe mas com perigo. Perto do fim de jogo, foram os visitantes que sairam pra jogo, aproveitando o cançaso dos jogadores alvinegros. Aos 40 minutos, em lance pela direita, a bola sobrou para o América no meio da área que chutou com muito perigo, porém carimbou o zagueiro Messias duas vezes. E então, no úlimo minuto, Ademir disparou pela direita em contra-ataque e saiu de cara com o goleiro João Ricardo, porém o atacante chuta pra fora e desperdiça o que seria a bola do jogo. No fim, em jogo movimentado, que sobrou vontade mas faltou capricho foi o empate que permaneceu e cada um leva um ponto para casa.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: