BRASILEIRÃO CAMPEONATO BRASILEIRO Fortaleza

Marcelo Paz comenta sobre clássico e pede perdão: “humildade de reconhecer e pedir desculpas”

Foto: (Thiago Gadelha/SVM)

O Mandatário tricolor desmentiu possível falta de incentivo e garantiu: “Premiação está rigorosamente em dia.”

Na tarde desta quinta-feira, 18, um dia após o clássico- Rei, o presidente Marcelo Paz concedeu entrevista coletiva. O mandatário revelou cobranças após o jogo e conversas individuais. Tentou também acalmar os ânimos da torcida e esclarecer pontos que vinham à tona, como uma possível falta de incentivo e comodismo da equipe. Mesmo explicando a situação e desenhando a sequência do campeonato, o mesmo deixou claro: “Nada justifica a apatia, não tem uma justificativa plausível”. Confira os principais trechos da coletiva:

Conversa individual e cobrança em grupo

Marcelo Paz iniciou revelando os bastidores pós clássico. O Fortaleza não sofria uma derrota tão ampla para seu rival desde 1994, o que já faria a diretoria ligar o sinal amarelo, porém, a situação ganha um peso ainda maior por conta da sequência ruim que o clube vem vivendo, à ponto de ser cogitada a não classificação para a Libertadores, que parecia muito bem encaminhada. Posto isso, o presidente, além de citar que o objetivo principal (Sul-Americana) já foi atingido, também falou:

Conversamos com a comissão técnica ainda ontem no estádio e hoje pela manhã também, e eu conversei com o elenco agora há pouco. Tivemos um bate-papo muito verdadeiro, muito franco, uma cobrança de parte a parte […] Nada justifica a apatia, não tem uma justificativa plausível, nem mesmo desfalque ou cansaço. Uma queda de performance mesmo, uma crise técnica. A gente está vivendo uma crise técnica, que não é nada além de uma crise técnica.

Limitações e relevância da atual campanha

O representante tricolor aproveitou a coletiva para mostrar que não existem apenas aspectos negativos, afinal, os pontos conquistados no primeiro turno permanecem na tabela e o clube ainda está no G7 da competição nacional, além de ter chegado nas semifinais da Copa do Brasil, mesmo com limitações financeiras e elenco curto.

“Todo time tem suas limitações, o maior ou menor. Lógico que temos as nossas limitações, e dentro delas nós temos a sexta melhor campanha da Série A, melhor que muitos times que tem muito mais dinheiro que a gente

LEIA MAIS | Giro dos E-Sports: Ceará disputará Global de PES 2021 em Singapura; Vice-campeão mundial contratado para a line de FIFA

Incentivo e premiações

Segundo o mesmo, não existe pressão por parte dos jogadores em novas premiações ou qualquer valor extra salarial, posto que todos esse foram cumpridos como combinado e o Fortaleza não apresenta problemas em pagar premiações prometidas:

“Premiação está rigorosamente em dia. A premiação programada para a Libertadores é a maior que esse clube já teve em toda a sua história para um objetivo único. Aqui no Fortaleza não tem problema de pagar a premiação, pelo contrário. Esse ano já pagamos muito dinheiro porque o time deu resposta para isso, ganhou vaga em Copa do Brasil, campeão cearense, jogos da Série A. Então premiação não é problema, não existe de forma alguma, o papo de “os jogadores estão pedindo algo a mais. Mentira quem está dizendo isso. Quem estiver falando isso está contra o Fortaleza e quer tumultuar o ambiente, por algum interesse pessoal”

Mensagem final de perdão à torcida pela atual fase

Venho pedir desculpas ao torcedor por esse momento, por jogos ruins que a gente vem fazendo, derrotas, não só a desta quarta-feira. Já são alguns jogos que a gente tem performance abaixo e a gente tem que ter a humildade de reconhecer e pedir desculpas, saber que o torcedor tem feito o seu papel de todas as formas possíveis. No treino aberto, no estádio, em tudo que pode. E a gente tem que, da melhor maneira, retribuir isso. Todos têm a parcela de culpa. Eu, como presidente, departamento de futebol, comissão técnica, jogadores. Todos temos que refazer essa rota e terminar o ano bem. É isso que a gente quer.

Siga o Futebol Cearense no Twitter e no Instagram!

Deixe uma resposta