Fortaleza

SESA apurará possíveis descumprimentos ao decreto em treino aberto do Fortaleza

Foto: Lucas Catrib/SVM

A Secretaria da Saúde do Ceará (SESA) vai apurar possíveis descumprimentos ao decreto estadual para combate ao coronavírus durante treino aberto do Fortaleza, realizado nesta segunda-feira (15).

Diferente das partidas oficiais de futebol, que estão autorizadas no decreto para ocorrerem com um rigoroso protocolo de comprovação de vacina (2 doses) e com 80% da capacidade do estádio liberada, o treinamento se deu com os portões do Estádio Alcides Santos abertos para a entrada gratuita dos torcedores. Estima-se que o público presente no Pici foi de 4 a 5 mil pessoas.

Não foram exigidos comprovantes de exames ou de vacinação no site do time ou presencialmente para o treinamento. Segundo o clube, orientações foram repassadas aos presentes para o uso de máscara, como feito durante as partidas.

De acordo com o órgão, a Sesa está ciente dos fatos e tomará as providências cabíveis, sem detalhar quais serão os próximos passos. O clube será procurado pela pasta a respeito do evento ocorrido nesta segunda-feira.O último decreto publicado pelo Governo do Estado no último dia 13 é claro sobre o atual momento. Todo território cearense ainda está em estado de calamidade pública e situação de emergência em saúde decorrentes da Covid–19. A política de isolamento social continua em vigor e os eventos liberados ainda precisam atender protocolos específicos, a exemplo dos jogos de futebol.

Deixe uma resposta