BRASILEIRÃO Ceará

Tiago Nunes lamenta empate contra o Bahia e pede o apoio da torcida na próxima partida

Foto: Reprodução/Vozão TV)

Além disso, o treinador do Ceará falou sobre o fato de não repetir muitas vezes uma escalação titular

Depois de empatar contra o Bahia pelo Campeonato Brasileiro, o técnico do Ceará, Tiago Nunes, concedeu entrevista coletiva na noite da última quarta-feira, 27. Na ocasião, pelo contexto da partida, ele lamentou o resultado, destacando a consistência da parte defensiva da equipe.

“O empate para se comemorar foi contra o Juventude, onde fomos superados pelo adversário a maior parte do tempo, eles criaram as melhores oportunidades. Hoje há de se lamentar, pois foi um jogo muito equilibrado, as duas equipes tiveram poucas chances de gol. A gente fez uma partida muito consistente no que tange a parte defensiva, tivemos equilíbrio na parte ofensiva também, saímos na frente no placar. Mas em uma situação de uma jogada individual do Bahia, um chute de longa distância do artilheiro do Brasileiro (Gilberto) sofremos o empate”.

Em seus dez jogos pelo Brasileirão no comando do Vovô, Tiago Nunes não tem repetido muitas vezes o time titular da equipe. Sobre isso, ele disse que não é uma característica dele repetir time e fala que não procura “um time ideal”, mas “um grupo ideal”.

Eu não estou procurando um time ideal, mas um grupo ideal. Eu trabalho com o grupo do Ceará, então todos os jogadores têm oportunidade. Eu não tenho por característica repetir o time, então o torcedor pode tomar consciência disso. Muitas vezes vocês ficam preocupados se eu estou procurando ou fazendo testes, não estou, eu conheço as características dos jogadores e penso estrategicamente em cada jogo. Em alguns momentos eu acerto e em outros eu erro, faz parte da profissão, mas a ideia principal é que tenhamos uma base de time de seis a sete atletas”.

No próximo domingo, 31, o Ceará volta a entrar em campo pelo Brasileirão, quando recebe a equipe do Fluminense na Arena Castelão. Para ele, o Vovô precisa ser uma equipe “inspiradora” nesse jogo, além disso, pediu o apoio da torcida, independente do momento e de quem está dentro e fora de campo.

“(O Ceará) tem que ser uma equipe inspiradora, que traga o torcedor, que possamos fazer o torcedor acreditar em nós, no time dentro de campo. Em grande parcela dos jogos dentro de casa conseguimos ser esse time, criamos muitas chances de gol, impomos e por algumas circunstâncias os resultados não vieram. O que eu peço é que a gente tenha capacidade de competir mais uma vez e principalmente contar com o apoio do torcedor. O torcedor tem um papel muito importante, independente se ele gosta do jogador A,B ou C, se ele gosta do treinador ou não, o clube está acima de todos e nós precisamos apoiar o clube nesse momento. Então, independente do momento da equipe, nós precisamos do carinho, do apoio do torcedor em massa”.

Coletiva completa do Tiago Nunes

Deixe uma resposta