FC MEMÓRIA

Campeão e melhor jogador da Copa do Mundo de Futsal já desafiou Falcão na Arena Castelão

Foto: Zerosa Filho/CBFS

Partida marcou duelo entre gerações

No último domingo, 3, Portugal conquistou um inédito título na ser campeão da Copa do Mundo FIFA de Futsal. Na decisão, os lusitanos venceram a Argentina, atual campeã, por 2 a 1. Pany marcou os dois gols portugueses.

O camisa 10 Ricardinho, eleito quatro vezes o melhor jogador do mundo, foi escolhido como o craque do torneio.

Em 2015, a Arena Castelão foi palco do badalado duelo entre Ricardinho e Falcão. O português é fã declarado do eterno camisa 12 inclusive com uma tatuagem em homenagem ao brasileiro na panturrilha.

Ricardinho tem tatuagem em homenagem ao Falcão

No duelo, o Brasil levou a melhor e venceu a partida por 2 a 1. Xuxa e o goleiro Tiago marcaram para a Seleção Brasileira enquanto Cardinal descontou.

O jogo marcou a volta do craque Falcão ao selecionado canarinho após 10 meses de afastamento e o primeiro duelo entre o camisa 12 e o craque português Ricardinho em partida envolvendo seleções.

Público decepcionante

A quadra montada no meio do campo da Arena Castelão fazia parte de um ousado projeto de popularizar ainda mais o futsal. Após colocar mais de 56 mil pessoas no Mané Garricha no dia 07 de setembro de 2015, a expectativa era de que Fortaleza quebrasse esse recorde, mas apenas 11.444 torcedores foram ao estádio.

ESCALAÇÕES

Brasil: Tiago, Neto, Valdin, Xuxa e Simi. Entraram: Rodrigo, Ciço, Gadeia, Jackson, Falcão, Cabreúva, Betão e Dieguinho. Técnico: Serginho Schiochet.

Portugal: Bebé, João Matos, Pedro Cary, Ricardinho e Cardinal. Entraram: Vítor Hugo, Arnaldo, Fábio Cecílio, Anilton Silva, Bruno Coelho, Djô, Mário Freitas, Miguel Ângelo e Tiago Brito. Técnico: Jorge Braz.

Deixe uma resposta