BRASILEIRÃO CAMPEONATO BRASILEIRO Entrevistas Fortaleza

Vojvoda cita erros pontuais mas garante Fortaleza diferente: “Vamos corrigir”

(Foto: Divulgação/ Tv Leão)

O técnico tricolor concedeu entrevista coletiva após a derrota por 3 a 0 diante do Atlético Goianiense.

Na tarde do último sábado (02), o Fortaleza recebeu o Atlético Goianiense e foi derrotado por 3 a 0. Após a partida, o técnico tricolor Juan Pablo Vojvoda concedeu entrevista coletiva falando sobre a partida, Vojvoda fez uma análise da partida, falou sobre arbitragem, citou erros pontuais que influenciaram no resultado e falou sobre o mental do elenco.

Análise do jogo 

Vojvoda começou a sua coletiva falando um pouco sobre a partida e os momentos do jogo.

“Os primeiros minutos não foram bons por parte do nosso time, não tivemos o controle de bola, o adversário conseguiu um gol através de um erro nosso, tivemos um gol anulado, o adversário controlou bem nossas poucas opções, não conseguimos criar chances claras de gol. No segundo tempo o time começou bem, conseguimos o gol, esse gol normalmente ajuda no ânimo,  mas foi mais um vez anulado pelo VAR, o adversário conseguiu o segundo gol em sua primeira chegada a trave e nos deixa sem nada na partida.”

Anúncios

Onde o Fortaleza perdeu o jogo

Perguntado sobre os momentos onde o Fortaleza deixou o resultado escapar, Vojvoda citou erros pontuais e falou um pouco sobre a arbitragem.

“Perde em erros pontuais, também perde por fazer um começo de jogo ruim, quando o time não joga bem não tem o jogo associado que o time tem que ter, nós necessitamos de inteligência para saber sustentar o momento ruim da partida e hoje não conseguimos. Quando subimos (ao ataque) bem e conseguimos gol a arbitragem anulou.”

Prejudicado pela arbitragem?

Aproveitando o gancho da pergunta anterior, Vojvoda falou um pouco sobre a atuação da arbitragem de campo e do VAR e fez uma breve comparação com a arbitragem de fora.

“Conseguimos dois gols e o VAR chamou a arbitragem, em nenhum dos dois gols o bandeirinha marcou impedimento, logo o VAR confirma impedimento. Tenho que ver e analisar bem o segundo gol, eu assisto muito o futebol internacional e essa regra é muitas vezes trocada, não quero falar da arbitragem, ele pode se equivocar como todos nós, não sei se ele se equivocou ou não, ele também deve analisar isso.”

Anúncios

Ensinamentos dessa derrota

Vojvoda citou os erros cometidos pelo Fortaleza neste jogo e falou o que deve melhorar para as próximas partidas, o que deve ser melhorado em treino.

“Que muitas vezes quando não conseguimos manter o controle com a bola tem que saber sustentar sem a bola, tem que saber que o rival muitas vezes vai saber tapar nossos caminhos e isso temos que corrigir, vamos corrigir, eu confio nos meus atletas e seguirei confiando.”

Ideia para o ataque

Vojvoda falou sobre a escalação inicial, falou o porquê da escolha de jogador como Wellington Paulista, Lucas Lima e Bruno Melo e defendeu a atuação dos atletas.

“A ideia para o ataque era atacar com David, ter um jogador na área como Wellington Paulista e chegar com Éderson, Lucas Lima e Bruno Melo. No primeiro tempo, antes do gol anulado, o escanteio veio após uma cabeçada dele (Bruno Melo), outro cruzamento dele foi muito perto de gol, e o segundo tempo também tivemos chegada pelo setor esquerdo, Bruno Melo por ser canhoto é muito mais vertical que o Crispim, que por sua perna de preferência tende a puxar mais para o meio e Bruno atacou espaços, estou conforme o rendimento dos meus jogadores.”

Anúncios

Mentalmente o Fortaleza passou longe de ser aquele Fortaleza?

“Não, mentalmente o Fortaleza está forte, o que sucede é o que passamos hoje, quando íamos ficar mais forte o gol é anulado, quando você consegue um gol e espera 3 a 4 minutos para ele ser anulado é pior, se anula rápido talvez seria mais positivo que 3 minutos depois anular, é um golpe duro para qualquer time, para nós também, acredito que o Fortaleza é um time forte, com um espírito competitivo e estamos mostrando isso, não acredito que por uma partida o Fortaleza é fraco quanto a sua capacidade de recuperação.”

Deixe uma resposta