BRASILEIRÃO CAMPEONATO BRASILEIRO Ceará FCF Fortaleza Série A

Após aprovação do retorno de público, Ceará e Fortaleza se posicionam

Foto: Divulgação/Ceará SC

Enquanto o Leão deverá reencontrará sua torcida, o Vovô teve seu jogo adiado

Depois do Conselho técnico entre clubes e federações aprovarem o retorno de público, já para a próxima rodada do Brasileirão 2021, os clubes cearenses se posicionaram sobre o assunto. Em situações distintas, o Fortaleza emitiu nota oficial, enquanto o Ceará, através do seu presidente, criticou uma decisão que envolve o Alvinegro. Confira a situação dos cearenses e os pronunciamentos:

Fortaleza

O Tricolor de Aço será mandante na 23ª rodada, diante do Atlético/GO e já se articulava para receber público para essa partida, visto que o Governo do Estado já havia permitido evento-teste, dando a Federação Cearense de Futebol, o poder de escolher qual partida receberia público. Sobre o assunto, o clube emitiu uma nota oficial. Confira:

”O Fortaleza Esporte Clube informa que votou a favor da volta do público na 23a rodada do Campeonato Brasileiro, mas ainda aguarda aprovação do protocolo que foi entregue na última segunda-feira (27), na Secretaria de Saúde do Estado. A partir da liberação, teremos mais informações sobre a operação de jogos.”

Com isso, o Leão do Pici espera as autoridades locais autorizarem o protocolo, para contar com a torcida Tricolor, no próximo duelo.

Anúncios

Ceará

Na próxima rodada, o Vovô jogará fora de casa, contra o Bahia. Contudo, teve seu jogo adiado. Isso porque, o Esquadrão é um dos poucos clubes que enfrentam dificuldades com as autoridades locais. O Tricolor Baiano ainda não tem autorização do Governo do Estado. Logo, por decisão da CBF, com intuito de garantir que todos os 10 jogos da rodada 23 contem com público, a decisão foi tomada e o jogo, adiado.

O Presidente do Ceará, Robinson de Castro, concedeu entrevista ao programa Show de Bola, da Rádio Verdinha, na tarde desta terça-feira (28) e comentou sobre o adiamento da partida:

“Fiquei indignado agora na reunião porque batalhei, foi solidário a todos para voltar o público e adiaram o jogo do Ceará com Bahia e acabaram nos prejudicando. Deixei claro minha indignação, porque ficou bom para todos e menos para gente, né? Achei que houve um egoísmo.”

Anúncios

Deixe uma resposta