BRASILEIRÃO Ceará

Tiago Nunes destaca “evolução” no volume de chances criadas do Ceará

Foto: Reprodução/Vozão TV

O treinador também falou sobre a estreia de Gabriel Santos com a camisa do Vovô

Após conquistar, contra a Chapecoense, a sua primeira vitória como técnico do Ceará, Tiago Nunes concedeu entrevista coletiva na noite do último sábado. Na ocasião, ele destacou uma “evolução” no volume de chances criadas pela equipe durante a partida.

“Como evolução, a equipe vem apresentando jogo a jogo boas características, principalmente no que tange a parte ofensiva. Hoje tivemos um número bastante significativo de finalizações, então esse volume de oportunidades que a gente desenvolveu me agrada, mostra uma evolução da equipe nesse quesito. O quanto a equipe competiu, lutou e foi valente todo o tempo. A equipe duelou com o adversário, adversário duro, que vendeu muito caro essa nossa vitória. Então temos que valorizar vários aspectos, mas em específico essa competitividade dos atletas e a evolução no aspecto ofensivo com o números de chances e finalizações criadas”.

Leia mais

Uma vitória sempre dá ânimo para a sequência do Campeonato Brasileiro, principalmente se é a sua primeira por uma nova equipe. Para Tiago Nunes, o triunfo, que encerrou uma sequência negativa de jogos sem vencer, ajuda também no aspecto emocional do grupo de jogadores.

“É apenas a minha terceira partida pelo Ceará, então é pouco tempo ainda, pouca amostragem de jogos. Sabemos que a equipe vinha muito pressionada por já estar há seis jogos sem vencer, então isso é uma pressão natural para uma equipe que tem uma torcida apaixonada como é a do Ceará. Então o aspecto agora também é emocional, pois muitas vezes você chega parto do gol, do goleiro e acaba errando finalizações que em teoria são mais fáceis por um aspecto emocional, pela pressão, pelo resultado, a necessidade de estar bem e a gente vai jogo a jogo evoluindo nesse quesito dando tranquilidade aos atletas”.

Além dos pontos conquistados, a partida também marcou a estreia do atacante Gabriel Santos com a camisa do Ceará. Sobre ele, o técnico do Vovô disse que o atleta entrou bem em campo, mas também falou sobre seu processo de adaptação, de jogar uma série D para uma série A.

“O Gabriel é um atleta que fez, pela primeira vez, uma experiência pela série A, é diferente. Ele vinha fazendo um bom trabalho na Caldense antes, tendo bastante gols e foi por isso que o Ceará acabou trazendo ele para cá, apostando em um jogador com muito potencial de crescimento. Mas também é uma adaptação, um momento novo para ele que nós estamos todos dando muito suporte, passo a passo, com tranquilidade e sem cobranças exacerbadas sobre o potencial que ele pode atingir. Ele entrou bem no jogo, deu muita movimentação, atacou a última linha, teve oportunidades de finalizar e dar assistências. Então, dentro do contexto que o jogo estava se apresentando, ele foi muito bem”.

Confira a coletiva do Tiago Nunes

Deixe uma resposta