BRASILEIRÃO Ceará

Jael marca de pênalti contra a Chapecoense e Ceará vence a primeira sob o comando de Tiago Nunes

Stephan Eilert / Ceará SC

Além disso, o resultado encerrou um jejum de seis jogos sem vitória da equipe alvinegra

O Ceará venceu a Chapecoense por um a zero neste sábado, 25, pela 22ª rodada do Brasileirão. Na Arena Castelão, Jael, de pênalti, foi o autor do único gol da partida. O resultado deu ao Tiago Nunes sua primeira vitória no comando técnico do time alvinegro e encerrou uma sequência de seis partidas sem saber o que é vencer.

Com os três pontos conquistados no jogo, o Ceará chegou aos 28 na tabela e agora ocupa a décima posição da competição. O Vovô volta a entrar em campo no próximo sábado, dia 2 de outubro, quando enfrentará o Bahia, pela 23ª rodada do Brasileirão,  às 19h, na Arena Fonte Nova.

Primeiro tempo

A partida começou logo com uma grande oportunidade da Chapecoense em chute em frente ao gol de Anselmo Ramon, mas Richard defendeu e na sequência Luiz Otávio tirou quase em cima da linha. Depois disso, as grandes chances da primeira etapa eram do Ceará. A primeira em jogada ensaiada, a qual Jael lançou para Luiz Otávio “escorar” para dentro da área e Kelvyn acabou finalizando por cima da meta.

O Vovô tinha mais a posse da bola e conseguiu envolver a catarinense nesse estilo de jogo durante boa parte da primeira etapa. Aos 21 minutos aconteceu um exemplo disso, quando em rápida troca de passes no setor ofensivo, começando por Vina e Rick, Fernando Sobral chutou forte ao lado do gol de Keiller. No minuto 36, em outra jogada feita em alta velocidade, Vina tocou para Kelvyn que finalizou entre os zagueiros, mas o goleiro da Chape fez grande defesa. Mesmo assim, o placar ficou zerado.

Segundo tempo

No primeiro minuto da volta do intervalo, a Chapecoense mais uma vez desperdiçou uma chance. Anselmo Ramon, na pequena área, fez uma bicicleta e finalizou ao lado do gol de Richard. Porém, pouco tempo se passou e em um ataque do Ceará foi marcado pênalti, pois Luiz Otávio foi derrubado dentro da área. Na cobrança, Jael bateu de cavadinha e abriu o placar da partida.

Ia chegando na metade da segunda etapa, sem o Verdão conseguir de maneira efetiva ameaçar a meta do Vovô e, para piorar, acabou com um a menos na partida. O zagueiro Jordan, ex-Ceará, acabou levando o segundo cartão amarelo depois de derrubar o Vina. Com um a mais, a equipe alvinegra tinha mais liberdade e conseguiu criar várias chances de gol, mas Keiller acabou fazendo várias defesas e impedindo que o placar fosse alterado. Fim de jogo, um a zero para o Ceará.

Ficha técnica

Campeonato Brasileiro 2021 – 22ª rodada

Ceará (1) x (0) Chapecoense

CEA: Richard; Gabriel Dias, Luiz Otávio, Messias, Bruno Pacheco (Lima); Geovane, Fernando Sobral, Vina (Gabriel Santos); Kelvyn, Rick e Jael (Cléber). Técnico: Tiago Nunes.

CHA: Keiller; Matheus Ribeiro, Kadu, Jordan, Busanello (Geuvânio); Alan Santos (Ezequiel), Denner, Moisés Ribeiro (Lima), Bruno Silva (Perotti); Mike e Anselmo Ramon (Derlan). Técnico: Pintado.

Gols: CEA: Jael. CHA: Nenhum.

Cartão amarelo: CEA: Nenhum. CHA: Moisés Ribeiro, Jordan (2x) e Lima.

Cartão vermelho: CEA: Nenhum. CHA: Jordan.

Local: Arena Castelão – Fortaleza/CE.

Arbitragem: 

  • Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN);
  • Assistente 1: Jean Marcio dos Santos (RN);
  • Assistente 2: Lorival Cândido das Flores (RN);
  • Árbitro de Vídeo: Luiz Cézar de Oliveira Magalhães (CE).

Deixe uma resposta