Ceará E-SPORTS Fortaleza

Fifa 22: Arthur Cabral, Cebolinha e mais; Confira como estão alguns jogadores que tiveram passagens pelo futebol cearense

Imagem : (Captura/FutBin)

O jogo estará disponível para o público geral na próxima quinta-feira, 30, e contará com algumas figuras conhecidas no Estado.

Nesta quarta, 22, lançará o tão aguardado Web APP do Fifa 22, onde os jogadores poderão iniciar os trabalhos de compra e venda de jogadores no modo mais jogado da franquia, o Ultimate Team. Entre os jogadores disponíveis no jogo e no mercado, estão alguns nomes conhecidos pelo público Cearense, atletas que atuaram ou foram revelados por Fortaleza e Ceará. Entre eles, grandes jogadores como Arthur Cabral e Everton Cebolinha, que geram muita curiosidade aos fãs quanto ao seu desempenho nesta edição do principal jogo da EA Sports. Confira como estão as cartas destes jogadores e o que esperar deles dentro do Game.

+Leia Mais | CBF divulga quando vão ser os jogos de Guarany e Atlético-CE pelas oitavas de final da Série D

Everton Cebolinha

O jogador mais badalado entre aqueles que passaram pelas categorias de base do tricolor do Pici e assumidamente torcedor do Fortaleza, chega como um ótimo nome para o início do Ultimate team. Por conta do sistema de entrosamento, os jogadores sempre tentam montar seus times com as grandes ligas europeias, porém, por conta do valor, acabam recorrendo, inicialmente, à liga portuguesa visando o custo benefício e efetividade das equipes da liga. Muitos brasileiros estão sendo indicados como “meta” (mais usados e efetivos) no início por jogadores profissionais, como o próprio Everton e o zagueiro Lucas Veríssimo, ambos do Benfica. Desta forma, o Brasileiro tende a ser um potencial protagonista no ataque dos times que usam até 35 mil Fifa Coins (dinheiro do jogo).

Seus atributos (base): 86 de Ritmo, 75 de finalização, 73 de passe, 85 de drible, 32 de defesa e 62 de físico. (Geral = 80)

Arthur Cabral

Com mais um início de temporada assustador em quesito de participações em gols pelo Basel e com maior repercussão de seu nome na Europa, sendo até mesmo especulado por gigantes ingleses, esperava-se um grande upgrade na carta do jogador dentro do Ultimate Team, porém, o ex-jogador do Ceará segue com uma classificação geral não tão alta, mesmo que alguns atributos, como o físico, façam ainda ser uma boa opção. Dentre os jogadores que evitam as grandes ligas inicialmente, Arthur Cabral pode ser um bom nome se bem bem acompanhado ofensivamente com pontas rápidos e de boa química. Em contexto geral, ele pode não ser a melhor opção para o seu Ultimate Team mas, assim como no Fifa passado, o atacante tem um enorme potencial no Modo carreira se usado com frequência em seu time titular, por conta do Potencial dinâmico presente no Fifa 22.

Seus atributos (base): 72 de Ritmo, 76 de finalização, 63 de passe, 73 de drible, 31 de defesa e 78 de físico. (Geral = 76)

Confira o site oficial do WEB APP do FIFA 22

Pablo

O zagueiro de seleção brasileira que jogou nas categorias de base do Ceará e passou por clubes tradicionais do Estado como Tiradentes, Quixadá e Ferroviário, aparece como opção defensiva e é excelente nas jogadas aéreas. Seu principal detalhe é a habilidade de jogar pelos dois lados da defesa, porém, não deve estar entre os defensores mais utilizados por conta de sua baixa velocidade.

Seus atributos (base): 52 de Ritmo, 52 de finalização, 53 de passe, 62 de drible, 79 de defesa e 79 de físico. (Geral = 77)

Wendell

O lateral cearense, mesmo sem ter jogado profissionalmente no futebol do Estado, também merece destaque na lateral esquerda. A carta do jogador chegou nesse Fifa com estatísticas muito equilibradas em todos os quesitos e pode ser usada de maneira muito versátil em seu time durante o jogo. Tende a ser uma boa opção inicial por estar na liga portuguesa, até então, a mais citada em questão de custo benefício.

Seus atributos (base): 79 de Ritmo, 49 de finalização, 70 de passe, 78 de drible, 70 de defesa e 70 de físico. (Geral = 75)

Felipe Vizeu

O atacante que estava no Ceará ainda na atual temporada e foi transferido para o Yokohama FC, do Japão também está presente nessa edição do Fifa. Um detalhe curioso é que você pode montar um ataque liderado por Vizeu e com 100% de química com mais dois jogadores presentes aqui, Marcinho e Júnior Santos, seria no mínimo curioso ver os três jogando juntos e formando o seu trio ofensivo.

Seus atributos (base): 73 de Ritmo, 71 de finalização, 55 de passe, 68 de drible, 30 de defesa e 70 de físico. (Geral = 72)

Júnior Santos

O atacante que estava por empréstimo no Fortaleza e foi campeão da copa do nordeste em 2019 pelo tricolor, apresenta uma carta com estatísticas muito parecidas com os números de Felipe Vizeu em questão de físico e finalização, seu diferencial no jogo é a boa estatura e físico.

Seus atributos (base): 70 de Ritmo, 70 de finalização, 52 de passe, 68 de drible, 26 de defesa e 74 de físico. (Geral = 70)

Marcinho

O Ponta Direita, que estava presente na memorável campanha do Fortaleza em 2019 e no acesso à série A em 2018, possui uma carta prata, mas com um bom ritmo, que pode ser usado em times rápidos focados inicialmente em ligas asiáticas.

Seus atributos (base): 82 de Ritmo, 68 de finalização, 56 de passe, 72 de drible, 30 de defesa e 53 de físico. (Geral = 69)

Deixe uma resposta