BRASILEIRÃO Ceará

Em jogo de poucas chances, Ceará empata sem gols com o Santos pelo Brasileirão

Foto: Kely Pereira/AGIF

O vovô chega aos 25 pontos conquistados na competição

Em um jogo de poucas chances de gol, o Ceará empatou em zero a zero com o Santos pela 21ª rodada do Brasileirão. Com o resultado na Arena Castelão, o Vovô chega aos 25 pontos na competição e permanece na 12ª colocação.

A próxima partida da equipe comandada por Tiago Nunes acontecerá no próximo sábado, 25, quando receberá a equipe da Chapecoense na Arena Castelão. O confronto será válido pela 22ª rodada do Brasileirão.

Primeiro tempo

A partida começou com o Ceará tentando sair da defesa ao ataque com passes, mas acabava errando muito e estava preso na marcação do Santos, que era superior, usando os alas como “motor” ofensivo. Apesar disso, o goleiro Richard era pouco agredido, até que aos 24 minutos, Daronco marcou pênalti em mão de Messias na bola. Na cobrança, Marinho escorreu e acabou isolando a bola.

Depois da boa oportunidade desperdiçada pelo Peixe, o Vovô teve um aumento de ânimo, e, principalmente com Kelvyn pelo lado esquerdo do ataque, tentava criar alguma chance. Porém nada que mudasse o placar, que ficou inalterado até o final de um primeiro tempo com poucos chutes a gol.

Segundo tempo

A volta do intervalo manteve a mesma estrutura e a mesma atitude das duas equipes dentro de campo, mas também permaneceu a falta de oportunidades dentro da partida. As alterações que Tiago Nunes executou, também pouco diminuíram a dificuldade do Ceará em criar chances reais, apesar de melhorar nos passes. 

O Santos também não conseguiu melhorar seu desempenho e o jogo, de maneira geral, continuou morno e sem chances claras de gol. Nos minutos finais da segunda etapa, o Vovô ainda levou perigo, quando Gabriel Dias obrigou João Paulo a fazer grande defesa. Porém, no final, o zero a zero prevaleceu.

Ficha técnica

Campeonato Brasileiro 2021 – 21ª Rodada

Ceará (0) x (0) Santos

CEA: Richard; Gabriel Dias, Luiz Otávio, Messias, Bruno Pacheco; Geovane (Marlon), Fernando Sobral, Vina (Yony González); Kelvyn (Lima), Rick (Erick) e Jael (Cléber). Treinador: Tiago Nunes.

SAN: João Paulo; Danilo Boza, Velázquez, Wagner; Pará (Ângelo), Camacho (Ivonei), Jean Mota (Zanocelo), Felipe Jonatan; Marinho, Léo Baptistão (Raniel) e Marcos Guilherme. Treinador: Fábio Carille.

Gols: Nenhum.

Cartão amarelo: CEA: Kelvyn e Erick. SAN: Pará e Camacho.

Cartão vermelho: Nenhum.

Local: Arena Castelão – Fortaleza/CE.

Arbitragem:

  • Árbitro: Anderson Daronco – RS (FIFA);
  • Assistente 1: Rafael da Silva Alves – RS (FIFA);
  • Assistente 2: Michael Stanislau – RS (CBF);
  • Quarto Árbitro: Alexandre de Souza Peixoto – CE (CBF);
  • Analista de Campo: Francisco José de Sousa Soares – CE (CBF);
  • Árbitro de Vídeo: Rafael Traci – SC (FIFA);
  • Assistente de VAR: Helton Nunes – SC (CBF);
  • Observador de VAR: Cleiber Elias Leite – GO (CBF).

Deixe uma resposta