BRASILEIRÃO Ceará

Tiago Nunes diz que faltou “profundidade e agressividade” do Ceará contra o Grêmio

Foto: Reprodução/Vozão TV

Treinador também destacou os pontos positivos da equipe durante a partida

Após perder em sua estreia pelo Ceará contra o Grêmio pela 20ª rodada do Brasileirão, Tiago Nunes concedeu entrevista coletiva neste domingo, 12. Na ocasião, o treinador falou que a “falta de agressividade” foi a principal dificuldade da equipe para ter saído com um resultado negativo da Arena do Grêmio.

“A principal dificuldade que tivemos foi na chegada na última parte do campo, sendo mais agudos, com mais presença ofensiva e mais finalizações. A equipe teve mais facilidade para a construção desde trás, procurou a saída de bola mais curta, mas faltou um pouco mais de profundidade e agressividade para que a gente pudesse criar mais chance de gol”.

Leia mais

Dentro de campo, a equipe do Ceará acabou errando alguns passes que iriam ajudar na construção de uma jogada ofensiva. Sobre isso, Tiago Nunes afirma que isso aconteceu em razão de uma exposição maior pelo novo estilo de jogo implementado.

A questão técnica acabou aparecendo um pouco mais, até porque a equipe se expôs um pouco mais, tentou jogar um pouco mais. No segundo tempo o Grêmio ofertou mais a bola para a nossa equipe, marcou um pouco mais atrás, diminuiu bastante  os espaços e com a necessidade de atacar mais vezes o adversário, forçamos mais passes e consequentemente erramos mais vezes também”.

Questionado sobre quais pontos positivos podem ser tirados dessa derrota, o estreante do dia disse que a luta da equipe e a coragem de se expor para construir são fatores para serem enaltecidos para as próximas partidas.

Eu vi uma equipe tentando competir de igual para igual com o Grêmio, mesmo jogando fora de casa. Uma equipe que tentou se aproximar para jogar e construir desde trás, teve coragem para se expor […]. São fatores que temos que enaltecer nesse momento. Lógico, o futebol não é feito de fragmentos de um jogo, mas de um todo, mas ao mesmo tempo temos que valorizar algumas situações positivas da entrega de jogadores e da coragem que tiveram para enaltecer isso para as próximas partidas”.

Coletiva do Tiago Nunes

Deixe uma resposta