CAMPEONATO BRASILEIRO Ceará

Em falta similar a que Vuaden impediu diante do Flamengo, Ceará fez gol da vitória sobre o Atlético-MG; árbitro era o mesmo em ambos os jogos

Foto: Reprodução/Premiere

Árbitro encerrou a partida antes que o Vozão cobrasse falta perigosa na entrada da área

Na tarde do último domingo (22), o Ceará recebeu, na Arena Castelão, a equipe do Flamengo. Como resultado do confronto, válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro Série A 2021, empate em 1×1 entre as equipes. Com gol de Vina, o Vozão abriu o placar, mas Vitinho empatou para os visitantes. O Alvinegro de Porangabuçu soma, dessa forma, 24 pontos e figura na oitava posição na tabela de classificação da primeira divisão do futebol nacional.

Anúncios

+ LEIA MAIS | Futsal: Gol no último segundo do Ceará viraliza e Falcão comenta: “Que esporte fod*”

Polêmica de arbitragem

O final do duelo entre Ceará e Flamengo foi marcado por uma polêmica de arbitragem. Isto porque o árbitro que comandava o jogo, Leandro Pedro Vuaden, encerrou a partida sem deixar o time cearense bater uma falta perigosa na entrada da área. Vuaden, que havia adicionado cinco minutos de acréscimos ao tempo regulamentar, marcou a falta poucos segundos após a marca dos 50′, mas, logo em seguida, deu o confronto como encerrado, não deixando o Vozão aproveitar a última chance de tentar vencer o clube carioca.

Vale lembrar que, pela regra, o tempo adicional concedido pelo árbitro da partida é o limite mínimo para se encerrar o jogo, não o máximo. Além disso, enquanto a equipe com a bola possuir uma chance clara e manifesta de gol, não se pode finalizar o confronto. Dessa forma, percebe-se que Vuaden não tinha obrigação de terminar o duelo; pelo contrário, o árbitro deveria ter deixado a cobrança de falta a favor do Ceará ser feita.

Anúncios

Ceará já venceu com gol originado em falta similar

Curiosamente, nesta edição do Campeonato Brasileiro Série A, o time cearense viveu situação semelhante. Em confronto válido pela sexta rodada do certame, o Ceará recebeu o Atlético-MG na Arena Castelão. Com o duelo empatado em 1×1 até os 50 minutos do segundo tempo, o árbitro Leandro Pedro Vuaden, o mesmo que dirigiu o jogo contra o Flamengo, marcou uma falta na entrada da área a favor do Vozão. Diante do Galo, porém, a cobrança era pelo lado esquerdo, enquanto que, contra o Rubro-Negro, seria centralizada, de frente para a meta adversária.

Na batida, Vina alçou a bola na área e o zagueiro Gabriel Lacerda, substituto do então lesionado Luiz Otávio, cabeceou para o gol, contou com falha do goleiro Everson e marcou, no apagar das luzes, o tento da vitória do Alvinegro de Porangabuçu diante da equipe mineira. Na ocasião, com os mesmos cinco minutos de acréscimos adicionados, o relógio já marcava, inclusive, mais tempo que na partida diante do Flamengo, apontando 50 minutos e meio. No entanto, Vuaden permitiu a realização da cobrança, que resultou no gol do triunfo do Vovô.

Anúncios

Siga o Portal Futebol Cearense no Facebook, no Instagram e no Twitter.

Deixe uma resposta