Marcelo Boeck destaca evolução do Fortaleza: “Passando de ser uma sensação para ser uma certeza”

Foto: (Reprodução/TV Leão)

O Ídolo do Leão do Pici também valorizou a importância do grupo e citou que todos “se emocionam a cada partida”

Na manhã desta sexta-feira, 20, o goleiro Marcelo Boeck concedeu entrevista coletiva. O atleta relatou sua visão sobre a evolução do Fortaleza. O jogador também comentou sobre o valor simbólico do jogo contra o Juventude no ano de 2018, mesmo adversário que irá enfrentar nesse sábado, 21. Quando perguntado, também comentou sobre a titularidade assumida nas últimas partidas e a mudança de postura do grupo para esta temporada.

Nova perspectiva: De sensação a certeza do Brasileirão

Em 2018, quando o Fortaleza foi campeão nacional, o jogo que assegurou a primeira colocação ao tricolor, ao fim do primeiro turno, foi uma vitória sobre o Juventude. Tendo em vista que o próximo jogo pelo Brasileirão, neste sábado, 21H, será contra o mesmo juventude, o goleiro foi questionado sobre o valor simbólico da partida e o que uma vitória poderia significar desta vez.

“São situações diferentes. A gente sabe que o maior título da nossa história foi naquele ano, a gente venceu de 3 a 0 aqui com gols de Adalberto, do Ederson e do Getterson. Foi muito importante naquela caminhada e realmente foi algo bem marcante para nós. Sabemos que agora temos uma situação diferente, muito boa que estamos vivendo[..] Nós estamos passando de ser uma sensação do campeonato, para ser uma certeza do campeonato.”

Titularidade na Série A

Marcelo Boeck é ídolo da torcida por estar presente desde a série C e ter construído sua história em conjunto com o Fortaleza. Recentemente, o atleta retomou a titularidade da equipe e desenha sua maior sequência na meta tricolor, que vinha sendo defendida por Felipe Alves. Feliz pela oportunidade e ressaltando a importância, o goleiro comentou:

“Acho que era o sonho de tudo aquilo que começou na Série C, você poder estar na Série A, desfrutando e aproveitando desse momento. Ainda mais do momento que hoje estamos vivendo, dessa colocação e da maneira que a gente se coloca nessa posição. Então é muito bom, sabendo que cada um de nós, o mais legal desse grupo, daquilo que o Vojvoda tem colocado, é que cada um tem sua parcela de importância, em algum momento vai ser o usado, e quando for usado tem que estar pronto para ajudar o coletivo e ajudar o Fortaleza que é o mais importante.”

Impacto de Vojvoda: principais mudanças

Com a chegada do comandante Argentino no Pici, o sistema e estilo de jogo do Fortaleza foi totalmente alterado, o que vem dando bastante resultado nas principais competições disputadas pelo Leão. Com um olhar de líder dentro do elenco e jogador veterano, Marcelo Boeck comentou sobre a mudança de postura do grupo.

“Ele é mais curto e grosso como se diz aqui no Rio grande do Sul, ele não fica dando muito explicação para situações que ele não tem que gastar forças. Ele é muito convicto naquilo que ele quer e é muito convicto naquilo que ele passa para a gente. Não é por acaso que a gente assimilou as ideias dele e ele se emociona a cada jogo, a gente se emociona a cada jogo e o torcedor se emociona a cada jogo

“Eu já tive treinadores na Europa, o trabalho dele é muito europeu […] Trabalhos que se assemelham muito com aquilo que a gente faz lá. Aqui no Brasil, a gente ainda precisa dar esses passos, e quando vem treinadores que tem essa filosofia estamos dando esse passo e conseguindo bons resultados também.”

+Leia Mais | A pedido do Fortaleza, CBF altera data e horário do duelo contra o Cuiabá

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: