Ceará

Rick celebra gol feito em Clássico-Rei na data do aniversário da mãe: “Dia mais feliz da minha vida”

Foto: Felipe Santos/cearasc.com

O atacante do Ceará também falou sobre como superou o gol perdido contra o Sport, na partida anterior.

Autor do terceiro gol da vitória do Ceará contra o Fortaleza pelo Brasileirão, o atacante Rick concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira, 3. Na ocasião, o jogador contou que o último domingo, 1, foi o dia mais feliz da vida dele, pois marcou em clássico no dia do aniversário de sua mãe.

Posso dizer que esse foi o dia mais feliz da minha vida, pelo fato de ser o aniversário da minha mãe e ter marcado gol no clássico foi especial. Venho tendo apoio do grupo, da rapaziada que vem me incentivando, o grupo todo está de parabéns e agradeço ao Guto também pela oportunidade. E é isso aí, nós, os moleques da base que estamos subindo, sempre quando é clássico tentamos dar a vida”.

Leia mais

Em alta depois do tento feito no Clássico-Rei, Rick estava em baixa, pois acabou perdendo um gol contra o Sport na partida anterior. O atacante diz que, durante a semana de preparação, buscou levantar a cabeça, seguir em frente e trabalhar muito durante a semana para superar essa situação.

Contra o Sport eu acabei perdendo um gol, mas tentei levantar a cabeça e seguir em frente. Trabalhei bastante durante essa semana, foquei e, graças a Deus, entrei focado no clássico e pude fazer um gol importante e ajudar minha equipe com os três pontos”.

Desde que teve oportunidades com a equipe principal, ainda em 2018, o jovem atleta de 21 anos está tendo, agora, sua melhor fase da sua carreira sob o comando de Guto Ferreira. Questionado sobre a importância do treinador do Ceará para ele, Rick destaca que é uma peça fundamental para sua vida profissional.

O Guto foi uma das peças fundamentais da minha subida ao profissional. Me incentivou muito. Ano passado sofri muito com lesões e esse ano ele conversou muito comigo, me deu total confiança e hoje eu fico muito confiante dentro de campo com meus companheiros. Se Deus quiser, vai continuar assim”.

Coletiva de Rick

Deixe uma resposta