Sem categoria

Sarto divulga começo das obras de reforma do gramado do estádio Presidente Vargas

Foto: Divulgação/Sarto

O prefeito de Fortaleza disse que o investimento realizado nas intervenções feitas no campo será de R$ 2 milhões.

Inutilizado desde o início de 2020, por ter se tornado um hospital de campanha durante a pandemia de Covid-19, o estádio Presidente Vargas parece ter uma perspectiva de retorno. Isso porque o prefeito de Fortaleza, Sarto (PDT), divulgou nesta quinta-feira, 22, o início das obras de reforma no gramado do palco esportivo.

Leia Mais

Com um investimento de aproximadamente R$ 2 milhões, no local será realizado uma terraplanagem, drenagem, instalação de um sistema de irrigação automatizado e de um novo gramado. O prefeito também afirma que a troca do campo será para um de material melhor do que é utilizado no estádio.

Além disso, Sarto afirma, em publicação nas redes sociais, que a conclusão das obras está prevista para o primeiro semestre de 2022. Treinamentos e partidas oficiais de futebol, seguindo o cronograma, também devem voltar a acontecer no local nesse período.

Problemas sem o PV

O uso do PV como hospital de campanha para pacientes com Covid-19, fez com que a Arena Castelão se sobrecarregasse de jogos. Desde o retorno dos jogos de futebol, ainda em 13 de julho de 2020, durante a pandemia, o estádio de Copa do Mundo já recebeu 130 jogos das mais variadas competições.

Em razão desse alto número de jogos, o gramado da Arena tem sofrido com o pouco tempo de recuperação entre partidas. Inclusive, jogadores de Ceará e Fortaleza fizeram campanha em suas redes sociais, protestando contra o atual estado do campo.

Para remediar essa situação, o Ceará tem adotado algumas medidas para receber jogos do Brasileirão em seu centro de treinamento, o Carlos de Alencar Pinto. O Vovô tem feito alguns ajustes estruturais para poder ter a liberação de realizar jogos em sua casa, como no caso de vestiário, sala dos árbitros, sala do VAR e entre outras reformas.

Deixe uma resposta