Ceará

Robinson de Castro confirma saída de Saulo Mineiro e fala o valor da venda de Charles

(Foto: Reprodução/Vozão TV)

Durante entrevista coletiva, o presidente alvinegro respondeu vários questionamentos que estavam sendo feitos nos últimos dias.

Respondendo questionamentos que estavam sendo feitos pela torcida nos últimos dias, o presidente do Ceará, Robinson de Castro, concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira, 9. Na ocasião, o mandatário alvinegro falou sobre a saída de Saulo Mineiro; o valor da venda de Charles, possíveis contratações e avaliou a situação financeira do clube.

Leia mais

Saída de Saulo Mineiro

Ausente na lista de relacionados do Ceará para enfrentar o Fluminense, Saulo Mineiro, segundo a assessoria de imprensa do clube, estava em negociação. Hoje, Robinson confirmou que o atacante está negociado com um clube japonês, que mantém o nome em sigilo, e falou sobre os valores dessa transação.

O Saulo está negociado. O valor da operação vai ser de 1,5 milhão de dólares, o Ceará está negociando todos os seus 70%, o Volta Redonda está negociando seus 10% e os 20% do jogador não entrarão nessa operação. Nós, Ceará e Volta Redonda estamos vendendo 100% dos seus direitos. Resumindo, o Ceará ficará com 90% do valor dessa venda, repassando 10% para o Volta Redonda. Eu não posso revelar para onde vai o Saulo, pois o clube precisa ultrapassar algumas questões burocráticas do seu país e eles só podem fazer esse anúncio depois disso”.

Valor da venda de Charles

Anunciada pelo Ceará a venda de Charles para FC Midtjylland no final de junho, o clube ainda não tinha se pronunciado para dizer os valores dessa negociação. Assim como fez quando questionado sobre a transação de Saulo, Robinson também explicou.

O valor da venda de Charles foi 900 mil euros agora e 600 mil euros no primeiro semestre do próximo ano. Desse valor, entrou ao caixa do Ceará algo em torno de 2,7 milhões de reais, mas em uma negociação com Charles, ele acabou acertando com nós a liberação de verba que ele teria direito em torno de 300 mil reais, fechando os três milhões, o retorno feito do investimento original, que foi feito ao Internacional, por 50% e no próximo semestre vamos ter mais um “plus”. Nós ainda ficamos com 15% dos direitos do Charles no modelo de mais-valia, se o clube da Dinamarca vender o Charles por 900 mil euros, teremos essa participação”.

Contratações

Questionado sobre possíveis novas contratações, o presidente alvinegro afirma que o Ceará sempre está de olho no mercado, mas afirma que é um trabalho silencioso e de forma estratégica. Além disso, Robinson diz que vão ser negociações pontuais, no máximo duas ou três contratações.

“Com relação a contratação, é um tema que o clube sempre está atento, um olhar para ficar acompanhando o mercado, seja para o time profissional ou para nossas categorias de base. Nós vamos buscar contratações pontuais. Eu gosto que seja um trabalho silencioso, pois é estratégico, nós não podemos falar que iremos contratar posição a, b ou c, que vem uma onda de especulações que atrapalham a negociação. A gente deverá fazer duas ou três contratações pontuais. Temos conversado com jogadores e clubes, existem jogadores que estão no Brasil e fora do Brasil e vamos buscar essas soluções. Nós temos que fazer contratações para somar e suprir lacunas eventuais. Nós vamos preservar nomes, informações e detalhes para resguardar o processo da contratação”.

Coletiva completa

Deixe uma resposta